GUERRA: Rússia invade Ucrânia; Milhares de ucranianos tentam deixar o país

24/02/2022


Foto: Carlos Barria/Reuters

 

O presidente Vladimir Putin anunciou nos veículos de comunicação russos que faria uma “operação militar especial” em Donbass. Com esse comando, a Rússia invadiu a Ucrânia nesta quinta-feira (24), há relatos de explosões e movimentação militar em diferentes cidades ucranianas.

Depois de quatro meses de suspense e vários alarmes falsos, a Rússia atacou a Ucrânia, bombardeando instalações militares do país e lançando mísseis. Essa é a mais grave crise militar na Europa desde a Segunda Guerra Mundial.

Em pronunciamento oficial, o presidente russo pediu aos soldados ucranianos que deponham as armas. “A verdade está do nosso lado. Os objetivos serão atingidos”, discursou.

Segundo o governo ucraniano, é uma invasão total. A Rússia disse ter destruído os sistemas de defesa antiaérea e posto "fora de serviço" bases aéreas na Ucrânia.

Pouco após o anúncio da invasão feito por Putin, começaram relatos na imprensa de sons de explosões e artilharia nas cidades ucranianas de Kharkiv e Kiev, entre outras. Centros de comando militar nessas duas cidades foram atacados com mísseis, segundo disse uma fonte do Ministério do Interior a um site ucraniano. O aeroporto da capital foi esvaziado e teve os voos suspensos.