“Não acredita nesse Bolsonaro, não”, diz criança após ser vacinada

21/01/2022


Foto: correiobraziliense.com.br

 

Nesta quinta-feira (20), o vídeo de uma criança de 11 anos repercutiu de forma cômica nas redes sociais. Após receber a vacina da coronavac, Nicolas Takata Muniz, de Poços de Caldas, no sul do estado de Minas Gerais, mandou um recado para o presidente Jair Bolsonaro (PL), ressaltando que ele (o mandatário) não deve ser levado em consideração. 

 

No registro original, produzido pela TV Poços, o garoto, além do recado sincero ao atual chefe do executivo federal, incentiva os pais a levarem seus filhos para receberem a imunização. "Não acredita na palavra desse Bolsonaro, não. Pode mandar seu filho tomar a agulhada. Tá super tranquilo. O máximo que pode ter é uma criança chorona e um braço dolorido, mas nada além disso. Você não vai virar nenhum jacaré e nem uma formiga australiana", disse o menino. 

 

Logo depois da mensagem, que, de certa forma, estabelece uma crítica à postura antivacina de Bolsonaro, Nicolas, de maneira engraçada, expôs a sua alegria ao receber o imunizante. O jovem tem autismo e entrou no grupo prioritário do sistema de vacinação. "Tô felizão por ter recebido a dose. Dava até para comer um pastelzinho com um guaraná", brincou. 

 

O Ministério da Saúde, em uma primeira remessa de vacinas, mandará 4,3 milhões de doses para os estados. A previsão, feita por Marcelo Queiroga, responsável pela pasta da Saúde, é de que até março todas as crianças de 5 a 11 anos estejam totalmente imunizadas.