Senador Styvenson sobre sua sexualidade: "agora que estou solteiro, quem tiver a fim, por que não”?

20/01/2022


Foto: 98fmnatal.com.br

 

Nesta quarta-feira (19), em entrevista ao Programa Repórter 98, o senador Styvenson Valentim (Podemos) causou polêmica ao falar sobre sua sexualidade. Questionado pelos jornalistas sobre a possibilidade de estabelecer uma relação afetiva com homens ou mulheres, o parlamentar declarou: "eu me defino muito bem definido entre quatro paredes. Agora que estou solteiro, quem tiver a fim, por que não’’?

 

O questionamento na entrevista foi suscitado a partir das especulações que foram feitas durante a semana acerca da suposta homossexualidade do senador. Os comentários giravam em torno de um determinado político potiguar que teria se separado da esposa para viver uma relação extraconjugal com um personal trainer. Sobre isso, o congressista declara: “É importante trazer este assunto à tona. A gente vive em um país que quer igualdade, quer respeito, quer essa diversidade. […]  O que a gente percebe, nessas brincadeiras, nos memes – que eu me diverti também – em momento algum fiquei chateado”, disse. 

 

Embora não ratifique a veracidade ou não dos comentários a seu respeito, Stivenson aponta para o preconceito existente e o fato de algumas pessoas terem o receio de se assumirem homossexuais. “É uma chance de vir esclarecer de forma séria estes assuntos. Tem muita gente que não o é, ou o é e não tem coragem de se assumir [homossexual], e quando pode passar por situação semelhante a essa, em nenhum momento foi citado meu nome, em nenhum momento foi dito que foi o Capitão Styvenson. Mas as pessoas avaliaram que seria eu. Meu passado não me condena e se condenasse já teria sido exposto. Nunca escorreguei” 

 

Por fim, o parlamentar citou o preconceito concernente à Polícia Militar, ressaltando a maneira pejorativa como o tema é abordado na corporação. “Eu venho da PM, tenho muitos amigos que não se assumem devido à profissão militar e têm um preconceito muito grande sobre isso. Então é um assunto sério que vi sendo tratado como uma brincadeira, um meme. Que eu também levei por isso. Mas comecei a analisar a grandiosidade e a potência que isso ocasionou. Nunca vi um assunto tão comentado quanto minha sexualidade”, declarou.