Bares e restaurantes do RN, deverão exigir o passaporte vacinal

17/01/2022


Foto: Reprodução
Após a divulgação das recomendações do Comitê Científico divulgadas no dia 13 de janeiro, em resposta ao aumento de casos da covid -19 e da síndrome da gripe no estado, entidades empresariais se mostraram preocupadas com eventuais impactos negativos, que as ações pudesse causar, e particularmente no setor de eventos, o que levou a FECOMÉRCIO/RN solicitar uma reunião para ser debatido este assunto.                                                                                                                                 
 
No entanto, esta reunião aconteceu na manhã desta segunda (17), onde estiveram presentes o secretário do gabinete civil, entidades empresariais e empreendedores do segmento de eventos, para o presidente da FECOMÉRCIO Marcelo Queiroz, é de extrema importância a manutenção do diálogo com a classe produtiva. “É  preciso chegarmos a um entendimento de medidas que possam conter os avanços dessas doenças, mas que mantenham as atividades produtivas, que já foram tão impactadas desde o início da pandemia. Os empreendedores, em sua maioria, têm seguido os protocolos e estão empenhados no cumprimento das regras”, afirmou.
 
O resultado desta reunião foi bastante satisfatória, e de acordo com as informações o governo agora irá detalhar ajustes na exigência do passaporte vacinal para os segmentos de bares e restaurante, bem como mapear a agenda de eventos corporativos previstos para o RN nos próximos 30 dias. Porém, uma nova reunião já foi agendada para os próximos dias, apenas para tratar do posicionamento final do Governo.