Em 30 dias, Prefeitura injetará mais de R$ 27 milhões na economia local com pagamento de servidores

16/12/2021


 

A Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, por meio da Secretaria Municipal de Finanças, efetuou o pagamento referente ao décimo terceiro salário do funcionalismo público. Os cargos comissionados receberam de forma integral, mas os servidores efetivos, que já tinham recebido 50% no mês de julho, tiveram os 50% complementares creditados, nesta quarta-feira (15), totalizando um valor bruto pago de R$ 7,5 milhões. Se somarmos a esse valor a antecipação dos 50%, o custo total do município com o décimo de 2021 ficou em R$ 9,2 milhões.

De acordo com o secretário municipal de Finanças, Luiz Henrique Nóbrega, por determinação do prefeito Paulo Emídio, o trabalho está concentrado no fechamento da folha de dezembro, que tem valor bruto mensal girando em torno de R$ 10 milhões. “O pagamento da folha dos servidores, algo obrigatório e que deveria ser rotineiro, acabou se transformando no principal desafio de qualquer gestor público. Não por irresponsabilidade, mas pela incerteza nas receitas. Mas, São Gonçalo, desde 2009 (gestão do ex-prefeito Jaime Calado), e ratificado na administração do atual prefeito, Paulo Emídio, vem cumprindo o pagamento da folha em dia, dentro mês”, enfatizou.

O secretário acrescentou ainda que somando os valores que o município está custeando com salários dos servidores efetivos e comissionados, nestes 30 dias, considerando o pagamento das folhas de novembro/21, décimo terceiro e folha de dezembro/21, haverá uma injeção em torno de 27,5 milhões na economia de São Gonçalo do Amarante. “Em 2021, conseguimos honrar, mais uma vez, o calendário de pagamento dos servidores que foi anunciado, com todos os direitos e obrigações pagas”, finalizou.