Após jejum de 50 anos, Atlético-MG é bicampeão brasileiro

03/12/2021

Por: Luan Figueredo
Foto: Reprodução
 
 
Maior seca entre os campeões, o Atlético-MG marcou, de virada, 3 a 2 contra o Bahia, encerrando assim um jejum de meio século. O primeiro título do Galo foi em 1971. 
 
Com a virada, o Alvinegro chegou a 81 pontos na tabela. O Flamengo, segundo colocado, não tem mais chances matemáticas de ultrapassar os pontos do Atlético-MG. 
 
Com 25 vitórias em 36 rodadas e somente cinco derrotas, a campanha do Galo contou com reforço do jogador Hulk. O time marcou 57 gols e sofreu apenas 25. Destes 57 gols, 17 foram marcados por Hulk, o maior artilheiro do Campeonato Brasileiro. 
 
Campeão da Copa Libertadores em 2013, o técnico Cuca exaltou as duas estrelas amarelas do bicampeonato. "Agora, era meu sonho isso aqui, tirar essa estrelinha daqui, passar ela para o lado e colocar mais uma aqui, agora a gente tem duas, obrigada meu Deus", comemorou Cuca.
 
Por volta de 1h30, os campeões brasileiros desembarcaram em Belo Horizonte, centenas de atleticanos esperavam no aeroporto. Os jogadores desfilaram em carro aberto, do Corpo de Bombeiros, até a Praça Sete, tradicional ponto de encontro para comemoração dos clubes de Minas Gerais.