Mais de uma tonelada de cocaína é apreendida no porto de Natal

30/11/2021

Por: Bruno Josuá
Em uma ação conjunta da Receita Federal e da Polícia Federal foi apreendida, nesta segunda-feira (29), um a carga de 1.600 kg de cocaína que estava misturada dentro de um contender carregado de gengibre, cujo destino seria o porto de Roterdã, na Holanda, causando para o narcotráfico um prejuízo de R$3600.000.000
 
Não é a primeira vez que essa substância ilícita é apreendida no Porto de Natal. A cerca de dez dias  , a Receita e a PF apreenderam uma carga de 265kg de cocaína misturada em meio a uma carga de manga que iria para a Europa. Essa foi a  segunda maior apreensão dos últimos anos, ficando atrás da realizada em fevereiro de 2019, quando duas toneladas foram apreendidas no Porto de Natal.
 
A Polícia Federa fez o recolhimento do entorpecente, dando prosseguimento à investigação para identificação dos responsáveis, e respectiva responsabilização criminal. Esta é a terceira apreensão de cocaína pela Receita Federal em 2021 no Porto de Natal. Somadas às apreensões anteriores, esse ano, 2.415kg da droga foram apreendidas só no porto. A Polícia Federal investiga possível ligação entre as ocorrências.
 
"As ações da Receita Federal, com sua atuação na área aduaneira, visam promover segurança no comércio exterior evitando prejuízos aos exportadores, que eventualmente sofrem prejuízos com a contaminação das cargas enviadas ao exterior. A integração da Receita Federal e Polícia Federal tem como objetivo a proteção da sociedade, impedindo importante fonte de financiamento das organizações criminosas. Essas ações estão intensificadas à medida que aumentam o volume de exportações pelo Porto de Natal", disse a Receita Federal, em nota.