Audiência pública discute implantação da Central do Empreendedor em Parnamirim

26/11/2021


 

A Câmara Municipal de Parnamirim realizou na noite de ontem (25) a primeira Audiência Pública para tratar a criação do Escritório do Empreendedor municipal.  A proposta da vereadora Fativan Alves (PV) foi discutida por empresários locais, o deputado estadual Ubaldo Fernandes e as presidências da CDL-Parnamirim e da Junta Comercial do Estado (JUCERN), além do titular da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Daniel Américo.
 
A vereadora Fativan Alves abriu a solenidade destacando "que é com muita alegria que alcançamos mais um avanço em direção ao nosso Escritório do Empreendedor. Que possamos edificar e crescer ainda mais o nosso município que é impactado pela falta de um espaço que reúna os pequenos, médios e grandes empresários para realizar os processos de trabalho em suas empresas”.
 
A propositora comentou que o escritório irá auxiliar a população parnamirinense provendo apoio, suporte, orientação e capacitação para os micro e pequenos empreendedores que desejam abrir seu próprio negócio e para os que já possuem um empreendimento. O local poderá oferecer parcerias estratégicas, facilitar o acesso à informação, orientação, qualificação e regularização das atividades, dentre outros serviços.
 
Já o deputado Ubaldo Fernandes comentou em seu discurso que “Parnamirim precisa emancipar-se, por ser uma cidade grande e ter sua importância. Ela tem que ter tudo porque ela merece e a vereadora é consenso na política, mas seu povo precisa abraçar o projeto, pois chegou a hora se posicionar como o terceiro maior município do estado, se emancipando de Natal. E um dos caminhos está neste projeto da Vereadora Fativan Alves”.
 
E a Câmara de Dirigentes Lojistas de Parnamirim, por meio de seu presidente, Bira Marques, informou que o projeto pode ser integrado ao órgão para auxiliar na gestão do escritório.
O presidente da JUCERN, Carlos Augusto Maia, informou em primeira mão que a Governadora Fátima Bezerra autorizou a criação da “Junta + Fácil RN”, no município. Segundo o gestor, o conceito que norteia o projeto é a integração. 
 
“Se antes, o empreendedor precisava se deslocar para efetuar diversos procedimentos em órgãos diferentes, hoje esses serviços estão reunidos em um único espaço. É o caso de demandas como solicitação de alvará de funcionamento provisório e definitivo e requisição de auto de vistoria do Corpo de Bombeiros que estarão disponíveis no Junta + Fácil RN”, explicou.
No entanto, o presidente da Jucern, Carlos Augusto Maia, ponderou “que para o projeto funcionar é preciso modernizar a máquina pública. Diminuir as distâncias entre os órgãos municipais. Se conseguirmos esta modernização todos ganham”.
 
A Frente Parlamentar de Apoio ao MEI, por meio do vereador Gabriel César sugeriu que fosse criada uma comissão juntamente com a vereado Fativan Alves e os representantes da Junta Comercial do Estado, CDL-Parnamirim e SEBRAE-RN para dar os encaminhamentos junto a Câmara Municipal.