Secretaria de Segurança Pública determina prioridade no caso de farmacêutico morto durante assalto

18/11/2021

Por: Redação do PN
Foto: Juliane Barreto/Inter TV Cabugi

 

A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) determinou prioridade na investigação da morte do farmacêutico André Damásio de Miranda, de 50 anos, vítima de assaltantes. As câmeras de segurança flagraram a ação dos criminosos.

O caso ocorreu em Natal na tarde dessa quarta-feira (17) e está sendo tratado como latrocínio, que é o roubo seguido de morte, uma vez que o carro da vítima foi levado pelos criminosos. O veículo já foi localizado e recuperado.

O crime aconteceu na Rua Jairo Tinoco, esquina com a Avenida Jaguarari, na lateral da farmácia onde a vítima trabalhava como gerente e farmacêutico, no bairro Lagoa Nova.

Segundo o titular da Sesed, coronel Araújo Silva, assim que ele tomou conhecimento do crime, de imediato foi requerida atenção especial ao caso. "Assim que fiquei sabendo dessa brutalidade entrei em contato com o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Alarico Azevedo, para saber das diligências, de como estavam sendo feitas as buscas pelos criminosos, e também falei com a delegada-geral da Polícia Civil, Ana Cláudia Saraiva, para determinar prioridade na investigação. A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) já está em campo, com a missão de identificar, localizar e prender os autores deste crime tão cruel", disse.

O secretário reforça à população que é possível colaborar com as forças de segurança pública, por meio do Disque-Denúncia, que atende 24 horas pelo número 181. Não é preciso se identificar.