VINDIMAS, Mercado de Vinhos a Pisa da Uva…

11/09/2021

Por: LILIANA BORGES
 
VINDIMAS, Mercado de Vinhos a Pisa da Uva…
 
 
Vindimas é o período entre a colheita das uvas e início da produção do vinho. Época de celebrações por diversas regiões do país produtoras, as festas são compostas por cortejos, mercados de vinho, apresentações musicais, danças, a tradicional pisa da uva e bênção do primeiro mosto que é o sumo de uvas frescas resultante da prensagem da fruta e no caso é feito com os pés, com o desenvolvimento da vinicultura esta atividade passou a ser realizada por modernos equipamentos.
 
Tempos de colheitas, época característica pelo “vai e vem” dos trabalhadores pelos campos de cultivo e caminhões que transportam estas deliciosas frutas até as adegas para iniciar o processo de produção, e assim, vai florescendo cada localidade formando novo cenário que se mistura com a economia, história, tradições, identidades...
 
Os eventos culturais aos poucos vão voltando a acontecer e tive a oportunidade de conhecer uma bela porção da “Festa das Vindimas 2021 em Palmela”. A cidade está a cerca de 43 Km de Lisboa e sua programação este ano foi agendada para os dois primeiros fins de semana de setembro, o primeiro de 2 a 5, o qual visitei, e o segundo de 9 a 12, ambos com inúmeras atividades e diversões. 
 
O Mercado dos Vinhos foi montado no Largo de São João Batista, onde funciona das 17 às 24 horas com controle de entrada das pessoas seguindo as normativas vigentes em decorrência da pandemia. O espaço contém estandes de vinte adegas expondo suas preciosidades, comidas regionais, animações e harmonicamente decorado com flores, graciosas mesas e barris de carvalho espalhados ao longo da praça, tudo necessário para deixar o ambiente acolhedor. 
 
Em qualquer adega representada podemos adquirir uma taça por poucos cêntimos e em seguida pagar e abastecer por diversos vinhos que desejarmos saborear ou conhecer em algum expositor. É uma experiência agradabilíssima, pois além de apreciar diferentes sabores, o cenário é encantador e se visitarmos na altura do entardecer é lindíssimo com o pôr do sol ao fundo, as luzes a acender e mais o espetáculo do Castelo de Palmela iluminado compondo a paisagem…
 
As adegas parceiras e participantes da festa responsáveis pela qualidade e genuinidade dos vinhos da região conforme o site oficial do evento são: Casa Agrícola Assis Lobo; Bacalhôa; Adega Camolas; Casa Ermelinda de Freitas; Casa Agrícola Horácio Simões; José Maria da Fonseca; Malo Wines; Adega Cooperativa de Palmela; Cooperativa Agrícola de Pegões; Sivipa; Venâncio da Costa Lima e Xavier Santana. Bastante difícil é fazer nossas escolhas…
 
A “Pisa da Uva e Bênção do Primeiro Mosto” foi realizada no domingo, 5 de setembro às 11:00 horas no Largo do Município com a Igreja de São Pedro engrandecendo o espetáculo, a edificação atual data da segunda metade do século XVI, porém há algumas referências documentais relativas ao ano de 1320 de acordo com o site da Câmara Municipal. Uma bela oportunidade de conhecer a cultura local.
 
A cerimônia inicia com o cortejo que transporta em cestos porções de uvas cultivadas no Concelho, em seguida são despejadas dentro de uma lagariça, próxima a Igreja, e as uvas são pisadas até surgir o primeiro mosto, na sequência é colhida uma amostra e analisada pelo Engenheiro Jacinto Pereira que afere o grau alcoólico, depois é colocado o líquido obtido em seis pequenos barris e levados até o altar para que seja realizada a bênção. 
 
Em outro momento irão resultar vários litros de vinhos que serão distribuídos nas paróquias do Município para serem utilizados na celebração da Eucaristia. É uma bela tradição…
O espírito da festa é divulgar suas riquezas e sua cultura. Enaltece o trabalho árduo do seu povo que desenvolve a economia da região, como também, é um período de agradecimento a Deus pelo sucesso da colheita e pedir sua bênção para a glória de toda a empreitada.
 
Cantos e Recantos Encantadores nas Terras Lusitanas…