Movimento Fora do Padrão combate a gordofobia e quer vacinação de pessoas gordas

31/05/2021


 
Diante da dificuldade de pessoas gordas com IMC maior ou igual a 40 conseguirem atestado para comprovar sua comorbidade e garantir o direito à vacinação, o Movimento Fora do Padrão está organizando um grande mutirão em prol da vida para assegurar este direito.
 
Comandado pela empreendedora multicriativa, Carla Nogueira, e pela comunicadora criativa, Cecília Oliveira, o Movimento Fora do Padrão surgiu em setembro de 2018 como um bazar, desde então, tem crescido na cidade promovendo palestras em diversos eventos sempre pautando o empoderamento feminino e o combate à gordofobia.
 
De acordo com Cecí Oliveira, a ação surgiu devido à sua própria luta em busca do laudo médico. “Apesar da vacinação das pessoas gordas com IMC maior ou igual a 40 está prevista no Plano Nacional de Imunização, o que temos visto a nível nacional é a dificuldade de acesso a este direito. Para conseguir meu lado eu tive que lidar com negligência médica e diversas negativas. Minha companheira de luta no Fora do Padrão, a Carlota Nogueira, conseguiu recentemente vencer o covid-19, o que é uma benção, mas muitas outras pessoas perderam amigos, parentes, amores.  Então, estamos aqui na luta, tentando mobilizar as pessoas para combater a gordofobia e garantir este direito à vida”, declara a comunicadora. 
 
O grupo tem feito a articulação através de grupos no whatsapp e disponibilizou formulário eletrônico para que as pessoas que se enquadram nesta prioridade possam se cadastrar. O documento está disponível no perfil do Fora do Padrão no Instagram: instagram.com/movimentoforadopadrao 
 
No formulário as pessoas preenchem seus dados de telefone, peso e altura, para que assim o grupo possa levantar o quantitativo de pessoas que  precisam ser atendidas.  As pessoas que atenderem ao critério de IMC maior ou igual a 40 serão convocadas para uma ação presencial que será realizada no Estúdio Carlota (localizado na  Sete de Setembro, 3329 - loja B - Candelária, Natal) nesta segunda das 16h às 18h.
 
No local, as pessoas serão pesadas, medidas e terão seu IMC calculado para conferir se os dados do formulário batem, aqueles que estiverem aptos  a receber o atestado, receberão o documento de médico voluntário colaborador da ação.