RN é destaque em Encontro Nacional de dados de turismo

14/05/2021


 
 
Visando fortalecer a troca de experiências e o compartilhamento de casos de sucesso, os estados de São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Norte foram convidados para partilharem suas experiências exitosas na 12ª edição do RIMT, Encontro Nacional da Rede de Inteligência de Mercado no Turismo. O evento em formato virtual ocorrerá na próxima segunda-feira (17) e o sistema de informações turísticas do RN, batizado recentemente de Sírio, será o único em destaque fora da região Sul-Sudeste. 
 
O público do evento contará com representantes de todos os estados da Federação, das secretarias e órgãos estaduais de turismo, do Sebrae nos Estados, que são membros da Rede, além de Ministério do Turismo, Sebrae Nacional e Embratur, que compõem seu comitê gestor. O espaço se propõe como um local de debate e discussões sobre essas soluções.
 
Para Leonardo Seabra, responsável pelo setor de Inteligência da Emprotur, o convite de exposição nacional representa a valorização do trabalho da Empresa de Promoção Turística Estadual. "Estarmos inseridos nessa grande rede de informação que possui como um dos propósitos colaborar para o desenvolvimento do turismo, seja em âmbito doméstico ou internacional, já é um grande legado. O evento em si é uma oportunidade de discutirmos estratégias para superarmos um dos maiores desafios da gestão do turismo no país: a disponibilidade de dados confiáveis, atualizados e relevantes; fundamentais para subsidiar a elaboração de políticas e ações no setor", explicou. 
 
SÍRIO 
 
O projeto é uma parceria do Governo do Estado do Rio Grande do Norte com o setor de inteligência da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo – Fecomércio. O Sírio, como foi recentemente batizado, é a única ferramenta de gerenciamento de dados no Nordeste. O sistema busca trazer uma gestão eficiente e cada vez mais conectada, utilizando de ferramentas estratégicas para auxiliar no processo de tomada de decisão, além de ampliar a geração de inteligência de dados ligados à atividade turística, tornando disponíveis as informações para subsidiar as decisões sejam dos setores governamentais, instituições e da iniciativa privada.  
 
Rede de Inteligência de Mercado no Turismo (RIMT)
 
A RIMT foi criada em 2016 para ser ambiente para análise de informações e compartilhamento permanente de experiências – entre os órgãos oficiais de turismo das 27 UFs e governo federal – de modo a orientar a promoção dos destinos, conforme as expectativas e tendências dos mercados. A RIMT tem como principal objetivo gerar um processo de sinergia e inteligência que permita ampliar a profissionalização do marketing turístico nos destinos brasileiros. Além de seus membros efetivos, a RIMT conta com mais de 4.000 participantes inscritos, que disseminam conteúdos e contribuem com essa rede.