Mulheres presidem quatro Câmaras Municipais na Grande Natal

26/03/2021

Por: CEFAS CARVALHO
Foto: Polyana Dias, Valda Siqueira, Carla Simone e Damares de Sales
 
Apesar da baixa representatividade das mulheres nos poderes legislativos municipais em proporção à população e ao eleitorado (geralmente 51% em relação aos homens) o fato é que considerando os oito municípios originais da Região Metropolitana de Natal, nada menos que quatro mulheres presidem Câmaras Municipais, o que corresponde a 50% do total de comando das casas. 
 
A Região Metropolitana de Natal instituída nos anos 2000 englobava a a capital e os municípios limite, alguns deles, conurbados (Natal, Parnamirim, Macaíba, Extremoz, São Gonçalo do Amarante, São José de Mipibu, Ceará-Mirim e Nísia Floresta). Alguns destes não tem limite geográfico com a capital, mas são ligados fortemente de maneira social e econômica devido ao município limite.
 
Nas Câmaras destes oito municípios, quatro mulheres presidem as Casas. São elas Damares de Sales (Extremoz), Polyana Dias (Nisia Floresta), Valda Siqueira (São Gonçalo) e Carla Simone (São José de Mipibu). Em nenhuma outra legislatura quatro mulheres foram eleitas simultâneamente para dirigir os Legislativos da RMN.
 
Todas foram eleitas para o biênio 2021-2022. Algumas podem tentar reeleição em 2023, outras Câmaras já anteciparam a eleição para o biênio 2021-2022.
 
Todas ao assumir os cargos e no tempo subsequente falaram dos desafios que sofrem por serem mulheres. Ao assumir em São José de Mipibu, com vasta experiência na legislação municipal e com boa atuação frente ao cargo de vereadora, Carla Simone ressaltou o fato de que geralmente mulheres são mais desafiadas quando estão à frente de cargos de gestão.
 
Em contato com o Portal PN Damares, de Extremoz, registrou que trata-se de uma conquista uma mulher presidir a Câmara de Extemoz.
 
Em breve algumas delas, como Damares e Valda Siqueira serão entrevistadas no programa Jornal Potiguar Notícias, pela PNTV, em datas a serem divulgadas.