PIB brasileiro despenca 4,1% em 2020, pior resultado desde 1996

03/03/2021


Foto: EVARISTO SÁ/AFP

 

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro teve um tombo de 4,1% em 2020, informou nesta quarta-feira 3 o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
 
Houve queda de 3,9% no Valor Adicionado a preços básicos e de 4,9% no volume dos Impostos sobre Produtos Líquidos de Subsídios.
 
Esta é a menor taxa da série histórica do instituto, iniciada em 1996. A queda interrompe o crescimento de três anos seguidos, de 2017 a 2019, quando o PIB acumulou alta de 4,6%.
 
O PIB é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país e serve para medir a evolução da economia.
 
Veja os principais destaques do PIB em 2020:
 
  • Serviços: -4,5%
  • Indústria: -3,5%
  • Agropecuária: 2%
  • Consumo das famílias: -5.5%
  • Consumo do governo: -4,7%
  • Investimentos: -0,8%
  • Exportação: -1,8%
  • Importação: -10,0%

 

Fonte: Carta Capital