"A economia criativa vem sustentando o país", afirma empreendedora

02/03/2021

Por: Redação PN

 

 

         Nesta terça-feira, no jornal Potiguar Notícias - Primeira Edição, a jornalista Heloísa Macedo entrevistou Carla Nogueira, empreendedora criativa, do Estúdio Carlota, que falou sobre o objetivo do instituto, além da relevância da criatividade financeira, sobretudo durante esta crise provocada pela pandemia do novo coronavírus. 

         Segundo a empresária, o Estúdio Carlota é um 'coletivo  afetivo', na medida em que é um lugar que acolhe artistas, escritores, pequenos empreendedores, entre outros, com o intuito de receber os seus trabalhos e expor para as pessoas, seja em âmbito local, nacional ou internacional. Para ela, o mercado de cultura de Natal, principalmente depois que foi feita uma campanha de financiamento coletivo acerca da relevãncia do consumo dos artigos do pequeno produtor, foi aquecido por uma resposta positiva do público. 

          Em relação à importância da economia criativa, a gestora salienta: "se levarmos em consideração os dados do IBGE e os apontamentos do SEBRAE, isso é o que vem movimentando a economia do país atualmente. Neste momento de crise, as pequenas economias estão sendo construídas e geradas mediante o trabalho de pequenos empreendedores. Ademais, com o caos financeiro, a diminuição dos salários e o consequente corte de horas de trabalho, os cidadãos precisam, invariavelmente, promover novas formas de ganhar dinheiro".

         No que se refere aos projetos desenvolvidos pelo Estúdio Carlota, Carla Nogueira explica: "este ano já lançamos um podcast, onde eu falo sobre os desafios do 'empreendedor raíz', ou seja, aquele que faz negócios com poucos recursos. Outra ideia é que, enquanto as feiras de rua estão suspensas, criamos algumas virtuais. Além disso, temos o site do estúdio, em que disponibilizamos os nossos serviços voltados para a economia criativa da cidade", finaliza. 

 

Para assistir à entrevista, acesse o link: https://youtu.be/vgstlWGYx6s