Vereadora Brisa esclarece sobre Plano Diretor: "garantir que seja democrático"

03/02/2021

Por: Jessyanne Larissa

 

 

Em entrevista concedida ao jornalista Pinto Jr. no programa Jornal Potiguar Notícias, a vereadora de Natal, Brisa Bracchi, esclareceu temas referentes ao Plano Diretor de Natal e suas consequências para a população.

Eleita em 2020 com apenas 22 anos, Bracchi é a mais nova vereadora de Natal e leva consigo o ideal de Renovação para a Câmara Municipal. Em relação ao Plano Diretor, que é uma discussão frequente na capital potiguar, a vereadora Brisa declarou “o ano passado foi um ano bem tenso de algumas fases do processo de revisão do plano diretor, que eu acompanhava antes enquanto sociedade civil organizada: em um período enquanto DCE (UFRN), como coordenadora geral, e depois representando o Movimento de Mulheres da Cidade acompanhando o debate dessa lei” E acrescentou “É uma lei complementar muito importante, porque é o que direciona toda a ocupação do solo do nosso território da cidade de Natal”.

No atual Plano Diretor de Natal, endossado por Álvaro Dias, tem como consequências a exclusão social de pessoas com menor condição financeira e impacto direto com a orla da praia natalense. “Tem muita coisa em debate que pode trazer graves consequências, tanto para as pessoas quanto para o meio-ambiente da cidade” afirmou Bracchi e acrescentou “uma dessas coisas é o Controle de Gabarito, que é o controle da altura que os prédios podem ter e assim como a regularização das áreas não edificantes”.

A vereadora Brisa esclareceu “uma das questões colocadas em debate nesse momento da revisão do Plano Diretor é como ficará o gabarito e a regularização dessas áreas, ou seja, se nós teremos ou não direito a paisagem do Morro do Careca, que pautamos que seja um cartão postal não só para quem estiver em edifícios, mas que seja um cartão postal disponível e acessível para todo mundo que vivência a cidade, que passa pela cidade ou pela Avenida Roberto Freire”.

Em relação a como o Plano Diretor afetará a área em torno do Parque das Dunas, a vereadora Brisa ressaltou “ O Parque das Dunas tem uma área de reserva de Floresta de Mata Atlântica que é importantíssima para a ventilação da cidade e para o controle de temperatura” e esclareceu “Se forem aprovadas as propostas como estão apresentadas de edificações, de flexibilizar a construção de prédios cada vez mais altos ao redor do Parque das Dunas, isso por obvio trará consequências para a cidade, também no referente fauna e flora, quanto em relação a própria ventilação da cidade”. Sobre isso Bracchi explicou “o efeito consequência que pode ter quando se valoriza uma área e aumenta o IPTU, que pode colocar para fora comunidades tradicionais como é na região de Santos Reis, Rocas e Brasília Teimosa”

Por fim, a vereadora Brisa Bracchi defendeu “o mais importante é que tenhamos um plano diretor que seja transparente, democrático e participativo. Nosso mandato vem colocando muito esforço para garantir a participação popular dentro desses espaços. Temos um compromisso diário de garantir que seja um processo participativo”.

Para saber mais acesse o link: https://youtu.be/II3fnWf3RHU