Princípio da Impessoalidade

26/06/2020

Por: Walter Fernandes
 
Estão sendo feitos muitos comentários sobre o isolamento do Prefeito na celebração de entrega, no dia 24 de junho , da remodelagem da Estação da CBTU, no centro , cujo processo de atualização e evolução deve-se aos técnicos da Companhia Brasileira de Trens Urbanos ,  de vários governos federais , da bancada federal de vários mandatos hoje e ontem , em função de uma necessidade da população mais vulnerável de exercer o seu direito de ir e vir . Agora o fato negativo e deletério demonstra única e exclusivamente a falta de respeito com as  pessoas  pelo Município , apesar de ser uma obra do Governo Federal . Esses protagonistas que deram um “canto de carroceria”, termo cotidiano que quer dizer não considerar a pessoa,  no prefeito  não foi contra  a pessoa dele , porque não sabemos a sua opinião pessoal sobre o caso, mas  foi com a cidade . 
 
Em outro situação , durante todo o desenvolvimento das obras da BR 101, quando fui superintendente do DNIT , junto com o corpo funcional , e continuando hoje  também com um outro Superintendente , sempre procuramos o município para interagir , até nas celebrações , porque sabemos que a obra é para a sociedade , o Povo , que viabiliza os serviços pagando seus impostos .Por exemplo , na entrega do viaduto de emaús , e na entrega do viaduto da Clementino Câmara , todos os deputados federais e senadores  do Rio Grande do Norte foram convidados , e todo o cerimonial da entrega dos viadutos foi comandado pelo serviço do cerimonial da prefeitura de Parnamirim em contato com o cerimonial do Ministério dos Transportes , com a centralidade da figura do Prefeito , assim foi e assim será , tenho certeza , porque é a regra constitucional e do respeito , e são obras compromissadas com o poder público , com o Brasil, com o Rio Grande do Norte .
 
Estas observações dos cidadãos e cidadãs de Parnamirim, sobre a personificação de pessoas , ferindo a Constituição Federal devem continuar sendo feitas, é  da democracia   , são importantes, para o exercício da cidadania, principalmente na quadra em que vivemos da falta de liderança política, estratégica e administrativa  no município . Assim não isolaram o prefeito pessoa física, mas os 12.000 passageiros que se deslocam todos os dias Natal / Parnamirim trabalhadores e trabalhadoras , e a população da cidade trampolim da vitória , que utiliza o transporte nos trilhos como uma opção com uma passagem com preço mais acessível do que o transporte rodoviário .
 
Aos cidadãos e cidadãs , cada vez mais fica a lição de que é necessário observar , cobrar e denunciar sempre , no livre exercício da democracia, na defesa dos seu direitos, na publicidade e transparência dos atos ,procurando o bem estar coletivo . 
 
Aos passageiros do trem de PARNAMIRM, usem, cuidem e exigiam mais benefícios  para esse equipamento público social e comunitário . 
 
Ao governo federal fica o registro por ter dado continuidade a obra e permitir a sua funcionalidade , cujo registro está na placa comemorativa da data . 
 
Aos responsáveis pela cerimônia da entrega , procurem sempre  a representativa política e administrativa da cidade e a população do município , quando das celebrações .