Será que estamos prontos?

26/05/2020

Por: EMANUELA SOUSA
 
 
Daqui a um tempo todos nós voltaremos para a rotina. Iremos voltar a pegar transporte público lotado pela manhã, tomar o café com pressa  de olho no relógio, sem dar muita atenção em quem está do nosso lado... Daqui à um tempo iremos sair do quentinho de nossas camas para viver em sociedade novamente. E fico me perguntando... Eu estou pronta para isso?
 
Com sinceridade, bateu saudades esses dias de pegar metrô cheio ouvindo R.E.M na playlist, bateu saudade dos cafés na padaria  enquanto conversava com os atendentes, de pedir "o de sempre."  Depois que entramos em isolamento nunca mais tomei do café expresso, nem o pão de queijo... 
 
A saudade seria somente boa se eu não lembrasse que na última vez que estive num metrô cheio tive o que parecia uma crise de ansiedade. Primeiro falta de ar, em seguida uma breve vontade de chorar, meus olhos pediram ajuda, mas ninguém se dispôs a vir até a mim. Talvez em casa seja melhor. - penso. Às vezes viver em sociedade custa caro. Ninguém está muito preocupado com você. Quando voltarmos para a sociedade teremos que nos adaptar de novo aos sapatos, ao uniforme, ao cabelo que precisa estar bem arrumado, a sorrir para os clientes mesmo que sem vontade. Isso sem contar as dezenas de pessoas que perderam seus empregos nessa quarentena e terão que ir de porta em porta em busca de trabalho.
 
Quando voltarmos a normalidade o tempo voltará a ficar curto. Ficar por meia hora batendo papo depois do expediente? Nem pensar! "Tenho que passar no mercado ainda",   "tenho que chegar em casa e fazer o trabalho da faculdade" "fica pra outro dia nossa conversa"  e ai vamos nos perguntar onde está todo aquele tempo que nos sobrava durante o isolamento. Tanto tempo que não sabemos o que fazer com ele. Adianto-lhe, aproveite esse tempo. Mas aproveite mesmo! 
 
Pois quando voltarmos às nossas rotinas, sentiremos saudades.