FNF e clubes decidem que retorno do Estadual só acontecerá com aval da Saúde

02/05/2020


Foto: José Vanildo é presidente da FNF / Divulgação
 
A Federação Norte-riograndense de Futebol (FNF) e os clubes que disputam o Campeonato Estadual da 1ª Divisão decidiram que só retomarão as atividades com autorização das autoridades de saúde pública do Rio Grande do Norte. Dessa forma, o retorno do Estadual permanece indefinido devido a pandemia do novo coronavírus.
 
Reunidos nesta quinta-feira, 29, os dirigentes entenderam que o prudente mesmo é aguardar uma posição da Secretaria de Estado da Saúde Pública (SESAP-RN) antes de decidir sobre o retorno das atividades. O mais importante é a preservação da saúde de atletas, membros de comissão técnica e de todos os profissionais envolvidos no futebol.
 
A reunião teve como objetivo discutir o Plano de Ação para a retomada do estadual, que foi paralisado no início de março, na quarta rodada da Taça RN, que equivale o segundo turno da competição. O documento traz uma série de diretrizes aos clubes para o cenário pós-isolamento social, dentre eles recomendações durante os treinos.
 
O plano também estabelece regras para a retomada dos jogos, com recomendações que vão desde às comissões técnicas, passando por torcedores e imprensa.
 
“Quem pode decidir a volta do Campeonato Potiguar é o poder público e as autoridades responsáveis pela saúde do nosso Estado”, definiu o presidente da FNF, José Vanildo. “Eu convoquei essa assembleia para escutar os dirigentes dos clubes e mostrar que FNF está aqui para ajudar neste momento”, explicou.
 
O dirigente ressaltou que é importante respeitar a opinião pública e compreender muitas situações para a volta do Campeonato Potiguar. “A nossa intenção é mostrar o que foi passado na reunião que tive com representantes da CBF”, disse
 
Durante o encontro, os dirigentes dos clubes enfatizaram as opiniões sobre o retorno das atividades. A maioria afirma que é preciso estudar, flexibilizar o regulamento, dispensar as taxas e compreender a situação da pandemia para poder terminar a competição em campo.
 
Por fim, os clubes parabenizaram a atitude do presidente da FNF, José Vanildo, por se posicionar e ser bem transparente diante dessa situação. Do outro lado, a federação tomará medidas para se adequar os pedidos dos dirigentes.
 
Vale ressaltar o dia de início de execução de Plano de Ação se dará com a liberação dos estádios, pelos poderes públicos responsáveis, mesmo com portões fechados ou capacidade de público limitada.