Pastor Sandoval denuncia em nota juiz tendencioso contra time do Visão Celeste

07/01/2020

Por: Redação do PN
 
Dirigente do time do Visão Celeste, de Parnamirim, que disputa a Copa São Paulo de Júniores, a Copinha, o Pastor Sandoval Gonçalves divulgou em suas redes sociais uma nota a respeito da partida de ontem, segunda-feira, 6, quando o time perdeu para o Noroeste, de Bauru. Confira:
 
"NOTA DE REPÚDIO
 
Quero externar os meus sentimentos de repúdio ao que aconteceu ontem no jogo Visão Celeste e Noroeste em Baurú, o Visão Celeste estava vencendo o jogo de 2x0, ai entrou em cena o árbitro da partida, mal intencionado expulsou dois atletas do Visão Celeste o primeiro foi o lateral esquerdo o melhor jogador em campo, o nosso zagueiro fez uma falta que nem pra carrão amarelo foi, e ai ele foi e expulsou propositalmente o lateral esquerdo Chicó que já tinha um cartão amarelo, o bandeira avisou foi o camisa 3 zagueiro.
 
O segundo expulso foi o zagueiro João Paulo, que tirou a bola do atacante por trás mais pegou a bola e ele expulsou de primeira prejudicando toda estrutura e planejamento de um time que se preparou pra fazer uma boa copa e é assaltado de forma vergonhosa.
 
Pena que no futebol Brasileiro tenha a mesma corrupção da política, pois o canário já estava preparado desde que nós chegamos a Baurú. Iremos mandar todos os videos para que não fique nem uma dúvida que seja aquela velha desculpa de quem perde.
 
Acredito que a federação Paulista de futebol analise o caso e tome as devidas providências, para que outras equipes não sofram o mesmo que o Visão Celeste sofreu, só temos a lamentar, não saímos da copinha foi a velha política da negociação de resultado.
 
Espero que a justiça desportivo apure e puna os responsáveis.
 
Reflexão: Lembrem bem, a lei do retorno pode até demorar, mais ela virá e punirá impiedosamente os que fazem injustiça."