A Globo chocou o ovo da serpente e a cobra do fascismo fugiu para a Record

09/10/2018

Por: Mário Trajano
A jornalista Míriam Leitão, da Rede Globo, disse, ontem pela manhã, no jornal Bom Dia Brasil que “Bolsonaro sempre teve discurso autoritário. PT nasceu e cresceu na democracia”.
 
Pois é,a Globo chocou o ovo da serpente e agora a a cobra do fascismo fugiu e foi parar no ninho da Record e de seu dono Edir Macedo,arqui inimigo da emissora dos Marinho, isso sem falar que boa parte do eleitorado do Inominável odeia abertamente a Globo associando-a ao homossexualismo, dizendo que ela é contra a "família tradicional"( seja lá o que é que eles entendem por isso) , alguns chegando até a dizer que ela "é de esquerda"
 
A Globo está, realmente, em uma tremenda sinuca de bico: ou apoia abertamente o Coiso e ajuda a eleger um ditador que, com certeza, beneficiará os seus novos amigos da Record( sabe-se lá Deus como, talvez até mesmo com a cassação da concessão da Globo), ou apoia timidamente Haddad e corre o risco de ajudar a eleger o PT, contra o qual sempre voltou a sua artilharia mais pesada, em seu sórdido jornalismo de guerra.
 
Ainda que se mantenham neutros, qualquer dos eleitos provavelmente virá cobrar a conta das décadas de desmandos midiáticos da "Vênus Platinada".
 
Há de se lembrar, inclusive, o que ocorreu com a direita tradicional brasileira, em especial os golpistas PSDB e MDB, soterrada nessa eleição pela Esquerda( o PT, por exemplo, fez a maior bancada na Câmara com a eleição de 57 deputados) e pelo fascismo( o PSL do Inominável fez a segunda maior bancada com 52 eleitos, sendo que em 2014 elegeu apenas um deputado). As velhas oligarquias que deram sustentação ao golpe e serviram de trampolim para Bolsonazi já pagaram a contra, a Globo certamente está na lista dos próximos devedores a serem executados.