Quartas de final da Copa são definidas; Tradição e títulos ainda em campo

04/07/2018

Por: Cefas Carvalho
Com as partidas desta terça-feira, 3 de julho, a Copa do Mundo da Rússia de futebol teve a definição das partidas e do enchaveamento da fase das quartas de final, a serem disputadas nesta sexta, 6, e no sábado, 7 .
 
Ficaram assim as quartas de final:
 
França x Uruguai
Brasil x Bélgica
Croácia x Rússia
Inglaterra x Suécia
 
Com os vencedores dos dois primeiros e os vencedores dos dois últimos jogando entre si para decidirem os dois finalistas.
 
Apesar dos comentários gerais sobre o número de surpresas e de seleções favoritas precocemente eliminadas, como Alemanha, Espanha, Argentina e Portugal, a verdade é que as quartas de final guardam seleções com muita tradição no futebol.
 
Entre as oito seleções quarta-finalistas, nada menos que nove títulos mundiais (de 20 disputados) estarão em campo. Cinco do Brasil, dois do Uruguai, um da França e um da Inglaterra. Quatro dos oito campeões mundiais ainda na disputa, portanto.
 
Quanto às outras quatro seleções, temos a Suécia, já vice-campeã do mundo (em 1958) e terceiro lugar em 1994; a Bélgica, semifinalista em 1986, quando ficou em quarto lugar.
 
A Rússia herdou o legado desportivo da antiga URSS segundo a lógica e a FIFA, tendo, portanto, disputado as semifinais em 1966.
 
Já a Croácia, como país independente foi terceira colocada em 1998 e fazendo parte da Iugoslávia chegou às semifinais em 1930 e em 1962.
 
É certo, portanto que a Rússia vinha jogando mal nos amistosos pré-copa, mas pela tradição e como país sede, não configura surpresa tão grande chegar onde chegou.
 
Croácia e Bélgica tinham chances reais de chegar a essa altura da competição e t~em relativa tradição no torneio. A Suécia, que eliminou Holanda e Itália nas eliminatórias europeias, vem há tempos em ascensão e deveria ter sido vista com mais atenção.
 
Sem surpresas de fato, portanto (como seria Japão ou Senegal, nas quartas).