Papo rápido com o vereador por Parnamirim, Sérgio Andrade

14/10/2016

Por: José Pinto Junior
Foto: Tiago Rebolo
Com a morte do vereador Clénio Santos o senhor, que era suplente, se tornou vereador. Por que o senhor não tentou a reeleição neste pleito? 
Já fui vereador quatro vezes. É preciso dar oportunidades a outras pessoas.
 
Isto siginifa que o senhor deixou a política partidária?
Não.  É difícil sair da política.  Mas, este ano preferi não ser candidato a vereador. Eu gostaria de disputar na condição de candidato a prefeito, mas como o PP não me deu a legenda, preferi não ser candidato.
 
O senhor será candidato em 2018?
Serei. Só ainda não decidi se a deputado Estadual ou a Federal.  Isto vai se decidir na executiva nacional do PP.
 
O que achou da eleição em Parnamirim?
Ganhou Rosano Taveira que já foi meu presidente no Legislativo. É uma pessoa séria e enquanto presidente da Câmara Municipal já mostrou que é capaz. Desejo sorte.