"Apesar da crise as pessoas se casam e o mercado está aquecido", diz empresária

15/08/2016

Por: Redação do PN
Foto: Tiago Rebolo

A arquiteta Daniele Canuto, empresária da La Mouette Recepções, foi entrevistada pelo jornalista José Pinto Junior para o programa Conexão Potiguar, pela Band, quando falou sobre o mercado de casamentos. Segundo Daniele, "Apesar da crise, as pessoas não deixaram de casar. O mercado de casamento está aquecido ainda, não deu aquela queda imediata, mesmo porque muitos desses casamentos foram fechados e planejados há um ou dois anos. A crise atingiu realmente todo mundo, mas com planejamento bem antecipado a crise é minimizada", afirma.

Sobre casas de evento na cidade, Daniele Canuto assinala que existe uma quantidade razoável de casas de evento na cidade. "Embora que, no período de final de ano que existem mais eventos se houvessem mais, seria melhor. Mas eu acredito que nós temos hoje já é suficiente, atende muito bem a demanda e também porque existem os períodos de baixa, as casas de recepções ficam trabalhando no limite. Existe o momento que as casas de eventos estão em alta e isso é uma época de final de ano, porque é quando acontece formaturas, confraternizações. Estamos trabalhando cada vez mais, melhorando o segmento para que possa ter um serviço melhor pro nosso cliente, oferecer novidades, que é na verdade o que faz com que a gente consiga crescer e se manter no mercado", afirma.