Estudo coloca Parnamirim em 1° luga em geração de emprego e renda

07/12/2015


Foto: Divulgação
Parnamirim mais uma vez se destaca no cenário estadual e nacional. A Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (FIRJAN) divulgou ontem, 3, um estudo, onde Parnamirim aparece em 1º. Lugar, no quesito geração de emprego e renda. O município apresentou uma elevação de 40% em relação aos dados de 2012. Subiu de 0,54 para 0,74 em 2013. 
 
A elevação conquistada por Parnamirim foi de 6 posições no Rio Grande do Norte e quase mil no ranking nacional, resultado das obras realizadas principalmente devido ao Programa Minha Casa Minha Vida e devido às empresas instaladas na cidade, gerando muitas vagas de trabalho."Esse ranking comprova tudo o que estamos fazendo em Parnamirim. Em breve, teremos a instalação de mais duas empresas de grande porte ? Leroy Merlin, que irá gerar cerca de mais 500 empregos e uma de call center que irá gerar 3000 empregos", revelou o prefeito Maurício Marques.
 
Parnamirim foi o município do Rio Grande do Norte que mais investiu na construção de moradias para as famílias de baixa renda. Somente nos residenciais Terras de Engenho foram construídos  992 apartamentos, onde hoje moram mais de 3 mil pessoas. E, obras como essa contribuíram para que o indicador de emprego e renda do município subisse quase 40% - de 0,5415 em 2012 para 0,7427 no ano seguinte. No período, muitas empresas de outros setores se instalaram no município, atraídas pelo aumento de renda da população e pelo  crescimento da cidade.
 
O IFDM - Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal - é um estudo do Sistema FIRJAN que acompanha anualmente o desenvolvimento socioeconômico de todos os mais de 5 mil municípios brasileiros em três áreas de atuação: Emprego & renda, Educação e Saúde. 
 
Criado em 2008, ele é feito, exclusivamente, com base em estatísticas públicas oficiais, disponibilizadas pelos ministérios do Trabalho, Educação e Saúde. De leitura simples, o índice varia de 0 (mínimo) a 1 ponto (máximo) para classificar o nível de cada localidade em quatro categorias: baixo (de 0 a 0,4), regular (0,4 a 0,6), moderado (de 0,6 a 0,8) e alto (0,8 a 1) desenvolvimento. Ou seja, quanto mais próximo de 1, maior o desenvolvimento da localidade.
 
 
RANKING 2013
 
Posição dos municípios do RN
 
1º Parnamirim    0,77062º 
 
Natal    0,75833º 
 
Mossoró        0,74904º 
 
São José do Seridó    0,73935º 
 
Carnaúba dos Dantas    0,72456º 
 
Guamare    0,72157º 
 
Galinhos    0,70648º
 
 Alto do Rodrigues    0,70299º 
 
Bodó    0,698410º 
 
Parelhas    0,694511º 
 
Currais Novos    0,691612º 
 
Assu    0,691013º 
 
Tenente Laurentino    0,690714º 
 
Ipueira    0,686915º
 
Barcelona    0,686516º 
 
São Miguel do Gostoso    0,684517º
 
 Macaíba    0,680018º
 
 Pendências    0,679519º 
 
Cruzeta    0,676820º 
 
Tibau do Sul    0,674421º
 
 Santana do Seridó    0,671822º
 
 Campo Grande    0,671723º
 
 Itajá    0,668024º 
 
São João do Sabugi    0,667725º 
 
São Gonçalo    0,667526º 
 
Jucurutu    0,666927º 
 
São José de Mipibu    0,665628º
 
 Serrinha    0,664529º 
 
Lagoa de Velhos    0,662630º 
 
Ouro Branco    0,661731º 
 
Campo Redondo    0,660832º
 
 Tangará    0,659133º 
 
São Bento do Norte     0,658434º 
 
Arês    0,655635º
 
 Caicó    0,653836º 
 
Baía Formosa    0,653437º 
 
Brejinho    0,652938º
 
 Pau dos Ferros    0,652139º
 
 Acari    0,651440º
 
 Vera Cruz    0,651341º 
 
Messias Targino    0,650742º 
 
Apodi    0,650243º 
 
Água Nova    0,645044º 
 
Goianinha    0,644945º
 
Nova Cruz    0,644546º 
 
Lajes Pintadas    0,644447º 
 
Extremoz    0,643948º 
 
Lajes    0,642249º 
 
Viçosa    0,640250º 
 
Riachuelo    0,6402
 
Classificação do Desenvolvimento
 
Baixo: inferior a 0,4
 
Regular: entre 0,4 e 0,6
 
Moderado: entre 0,6 e 0,8
 
Alto: Superior a 0,8
 
Fonte: Firjan
 

Fonte: Assessoria