Assessoria desmente boatos e Agnelo Alves continua estável

15/06/2015

Por: Redação do PN
Foto: Divulgação
Desmentindo boatos espalhados nas redes sociais, a assessoria de comunicação do deputado estadual Agnelo Alves (PDT) afirmou na manhã desta segunda-feira (15) que o ex-prefeito de Parnamirim continua em situação estável.
 
A afirmação foi dada pelo assessor do parlamentar, Jorge Cunha, à redação do Potiguar Notícias. “Agnelo passa bem e, inclusive, se alimenta normalmente”, informou Cunha.
 
Agnelo Alves tem 83 anos e já enfrentou várias cirurgias. Atualmente, trata complicações de uma infecção pulmonar. Daí, a atenção e a expectativa com seu estado de saúde.
 
TRAJETÓRIA POLÍTICA
Membro de uma das famílias mais influentes politicamente do Rio Grande do Norte, Agnelo é irmão do ex-governador Aluízio Alves, pai de Carlos Eduardo (atual prefeito de Natal), tio de Henrique Alves (ministro do Turismo) e Garibaldi Filho (senador da República). Assim como o irmão, também é jornalista experiente.
 
Eleito prefeito de Natal, Agnelo governou a capital de 1966 a 1969, pelo MDB, quando teve seus direitos políticos cassados pelo regime militar.
 
Como primeiro suplente do senador Fernando Bezerra, assumiu o mandato entre agosto de 1999 e dezembro de 2000, pelo PMDB.
 
Ainda em 2000, foi eleito prefeito de Parnamirim, tendo obtido reeleição quatro anos depois. Em 2008, elegeu seu sucessor, Maurício Marques (PDT), que está em seu segundo mandato.
 
Atualmente, Agnelo cumpre seu segundo mandato como deputado estadual.