CDL debate insegurança

08/05/2014

Por: Redação
Foto: (José Pinto Júnior) Reunião da CDL e o presidente do órgão, Marcos Fernandes

Na última reunião entre os membros da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Parnamirim foi discutida a possibilidade de se fazer uma parceria entre a Prefeitura Municipal de Parnamirim e a polícia, no sentido de instalar câmeras e oferecer as imagens a fim de municiar as polícias civil e militar no combate à criminalidade. A prefeitura dispõe de um canal de fibra que atravessa o centro comercial da cidade chegando à Cohabinal, onde será instalado o gabinete do prefeito Maurício Marques.

Esta fibra óptica comporta as imagens das câmeras, que seriam disponibilizadas para a polícia em tempo real.

O presidente da CDL de Parnamirim, Marcos Fernandes, anda chateado com o desinteresse por parte dos comerciantes em debater os problemas do próprio interesse do comércio. “A CDL não é só o presidente como pessoa física. A CDL são todos os filiados, que são convidados para participar e não aparecem nas reuniões. Se nos unirmos, podemos cobrar do Estado mais atenção em relação a segurança”, disse.

Durante a reunião dos dirigentes foi sugerida a campanha “Adote uma câmera”. Este projeto estimularia cada comerciante e até moradores a colocarem o equipamento em local estratégico de seu imóvel ou estabelecimento, o que constituiria um corredor de câmeras. Isto formaria “corredores filmados”, em que “detalhes como tatuagem e cicatrizes de meliantes seriam registrados, o que facilita o trabalho dos policiais”, colocou um especialista em segurança presente ao encontro.

O presidente da CDL aguarda reunião com o prefeito Maurício Marques para marcar o próximo encontro com os comerciantes.