Papo rápido com Osni Damásio

22/10/2013

Por: José Pinto Júnior
Fale sobre a FLiQ?
A III Feira de Livros e Quadrinhos de Natal acontece entre os dias 22 e 25 de outubro, no Campus da UFRN,  e a expectativa é de reunir mais de 80 mil pessoas. Com a proposta de democratizar a leitura e o acesso aos livros, a FLiQ reúne literatura e quadrinhos como instrumentos de formação cultural.
 
 Em que local será realizado?
A abertura oficial do evento, que será realizado junto com a CIENTEC,  acontecerá com um bate papo de Mauricio de Sousa, na noite do dia 22, terça-feira, quando o ilustrador conversará sobre “Os 50 anos da Turma da Mônica”. Um símbolo dos quadrinhos no Brasil, Mauricio fortalece a arte das HQs e é uma referência mundial também no ramo da reprodução dos seus personagens em bonecos e outros produtos.
 
Como surgiu este projeto?
É parte do Circuito Potiguar de Música. As feiras acontecem em Mossoró, Caicó e Natal. 
 
Por que não é feito em outros municípios? 
Porque os prefeitos não se interessam por cultura. Escritores que vem para Natal, poderiam fazer oficinas, palestras juntos aos alunos nos municípios mais próximos. Esta é uma batalha nossa. 
 
Como se patrocina?
Participam as prefeituras e também através das três leis de incentivo. A Lei Lei Rouanet que é federal, A Lei Câmara Cascudo que é Estadual e a Lei Djalma Maranhão que é municipal (Natal). 
 
Qual a dificuldade para a capitação? 
Acho que o governo e os produtores precisam reunir os empresários e explicar que o imposto que eles pagam pode ajudar a divulgar a marca de sua empresa. 
Uma  programação bem diversificada está sendo construída com mais de 20 atividades, desde as oficinas temáticas, lançamentos de livros, aos encontros com os escritores locais e nacionais. Entre os convidados da FLiQ podemos destacar também o José Castello, Mário Botolotto, Mike Deodato, Vicente Serejo, Carlos Fialho,  Milena Azevedo, Brum, Cellina Muniz e  Lívio Oliveira. 
 
Na feira só se falará de livros e quadrinhos?
Não. Também teremos fotografia e cordel. Além de tudo que acontece na CIENTEC. 

Fonte: Potiguar Notícias