Fábio Faria relata preocupação com o setor do turismo no RN

26/06/2013

Por: Estella Dantas

Os dados divulgados pela Infraero mostram uma queda acentuada no número de turistas que chega ao Rio Grande do Norte. A tendência de queda é registrada tanto entre turistas nacionais quanto estrangeiros. Nos primeiros meses de 2011, mais de 907 mil brasileiros vieram de outros estados para conhecer o RN. Mas agora em 2013, esse número foi reduzido para pouco mais de 809 mil turistas. Uma queda de mais de 10%. Quando se trata de turistas estrangeiros, a redução é percebida desde 2009 e chega a 35% em quatro anos, ressaltou o segundo vice-presidente da Câmara dos Deputados, Fábio Faria, no discurso em que cobrou ações do governo do estadual para restabelecer a atividade que mais gera emprego.

“Não mais é razoável atribuir-se essa acentuada redução da atividade a fatores conjunturais, como a crise na União Europeia e nos Estados Unidos, ou a flutuações cambiais. É chegada a hora de reconhecer que o Rio Grande do Norte vem perdendo competitividade no mercado turístico. A solução depende de que o governo estadual saia da inércia e atue para reverter esse quadro. É necessário aumentar a visibilidade do RN com investimento em propaganda, participação de feiras turísticas e com melhorias em infraestrutura para que os turistas voltem e incentivem outros a conhecer nosso Estado”, ressaltou o deputado no discurso.

Na contramão do registrado no Rio Grande do Norte, a Organização Mundial do Turismo (OMT) informa que entre 2001 e 2011 observou-se um crescimento anual médio de 3,6% no número de viagens internacionais, feitas por 982,2 milhões de turistas em 2011. Há dados que mostram também que a renda direta e indireta gerada pelo turismo internacional chega a espantosos US$ 5 trilhões.

INADIMPLÊNCIA - O deputado Fábio Faria destacou ainda que o RN foi excluído por inadimplência da 36ª edição da Aviestur – Feira da Associação dos Agentes de Viagens do Estado de São Paulo (Aviesp), que se realizou no mês passado em Holhambra. E que é justamente São Paulo o maior emissor de turistas para o Rio Grande do Norte e a cidade de Natal já é considerada, por quatro vezes seguidas, a melhor cidade turística na opinião dos agentes de viagens paulistas.

"Lamentavelmente, outros episódios semelhantes têm ocorrido. Não foi pago pelo Estado, por exempo, o estande no Festival de Turismo de Gramado do ano passado, o que impedirá nossa divulgação nessa importante feira de turismo este ano, se a dívida não for quitada", acrescenta.

Fonte: Assessora Especial do Dep. Fábio Faria