Fábio Faria sugere ao governo incentivos fiscais para veículos elétricos

15/05/2013

Por: Assessoria Especial do Dep Fábio Faria

 

A Associação Brasileira de Veículos Elétricos (ABVE) estima que a frota de veículos elétricos no Brasil não passe de 200 automóveis. Apesar dos benefícios com a redução da dependência energética de combustíveis fósseis e o consequente ganho ambiental, a tecnologia enfrenta dificuldades para se popularizar no país. A pesada carga tributária é apontada como um dos motivos. Segundo vice-presidente da Câmara, o deputado Fábio Faria (PSD) encaminhou indicação ao ministro da Fazenda sugerindo a adoção de incentivos fiscais para a categoria.

“Sugerimos ao ministro contemplar os veículos elétricos e híbridos no Programa de incentivo à inovação tecnológica, denominado Inovar-Auto, recentemente implantado pelo governo, que entre outros pontos concede benefícios em relação ao IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para as empresas que estimularem e investirem na inovação e em pesquisa e desenvolvimento dentro do Brasil”, explica Fábio Faria. De acordo com a ABVE, somente o IPI incide com alíquota de 25% sobre a produção destes automóveis.

Um dos principais benefícios obtidos com a tecnologia é o controle de emissões de gases causadores do efeito estufa, como o CO2. O Ministério do Meio Ambiente (MMA) já analisou que os veículos elétricos e híbridos são uma solução viável não apenas para a melhoria do transporte, mas para a qualidade de vida da população dos grandes centros urbanos.

 

Fonte: Assessoria Especial do Dep Fábio Faria