Erê Mirim

26/11/2021

 

TODO NOSSO AMOR À GENI GUIMARÃES

 

É com imensa alegria e orgulho que anuncio o surgimento da coluna Erê Mirim, no Jornal Potiguar Notícias. Uma coluna escrita por crianças da Rede Pública de Natal, mais especificamente da Escola Municipal Almerinda Bezerra Furtado, localizada no bairro Guarapés. Mesmo sem apoio ou incentivos por parte da Prefeitura Municipal de Natal ou da Secretaria Municipal de Educação, seguimos firmes de mãos dadas com a gestão da escola que desde os primeiros lampejos de sonho, acreditou no nosso trabalho.

Desta vez, vamos apresentar as cartas escritas pelos alunes sobre uma das maiores escritoras deste país: GENI GUIMARÃES. Com quantos anos você conheceu Geni e suas obras? Eu mesma demorei muito tempo. Tive a honra de fazer uma live no Instagram com ela, no ano passado, e, ao final, fui surpreendida ao saber que ela própria me enviaria todos os seus livros autografados pelos correios. 

Que emoção! Devorei todos em um mês. Confesso que sempre volto ao encontro deles, mas compreendi que seria injusto mantê-los encarcerados na minha estante. Sendo 2021 o ano em que esta grande mulher está sendo homenageada pela Olimpíada de Língua Portuguesa, aproveitei o novembro negro para apresentar com toda pompa aquela que mudou minha vida. 

A coluna Erê Mirim, do Jornal Potiguar Notícias, traz semanalmente textos escritos pelos alunes do 5º ano F, que foram produzidos e revisados em sala de aula pela professora. Nossas crianças têm muito a dizer. Vamos ouví-las?

Boa leitura.

 

TODO NOSSO AMOR À GENI GUIMARÃES


Querida Geni,


Hoje eu aprendi um pouco sobre você. Vi que sofreu muito com o racismo quando era pequena, mas hoje você é escritora. Eu gostei bastante dos seus livros. Independente de tudo você está onde está hoje. Eu goste muito de você. Minha professora contou quando você se arrumou toda achando que ia ganhar um grande troféu e quando o homem entregou era um Jabuti pequenininho. Vi também que você gosta muito da sua irmã que é deficiente. Você também gosta muito de ficar com sua família. Eu achei você muito bonita, legal e escreve muito bem. Minha professora gosta muito de vocês todos. Eu gosto muito de você.

Com amor, Maria Kethilly 


Professora Geni,


Oi, tudo bem? Hoje eu aprendi um pouco sobre você. Foi muito legal. Aprendi sobre sua infância muitas coisas. Conheci suas netas e filhos e muito mais. Vi alguns livros seus como Terceiro filho, Balé das emoções e O pênalti e muito mais. Amei os poemas. Conheci seus pais e sua amiga Conceição que eu amei também. 

Beijos de Ilana. 


Geni, 


Obrigado. Gosto das suas poesias. Eu quero aprender a fazer poesias como a senhora. Eu quero aprender com a senhora. Eu também gosto do seu neto, dos seus irmãos e dos seus livros.

Com amor, Wedyley Daniel


Dona Geni, 


Eu me surpreendi conhecendo você. Uma linda história que fala sobre uma linda mulher: Geni Guimarães. É você! Uma grande pessoa. Cada livro uma linda homenagem. Minha professora falou muito, mas muito mesmo sobre você. Quase que a professora chorou falando de você. É, mas foi muito divertido te conhecer. Apenas homens racistas dizem que mulher só serve para cuidar da casa e dos filhos e isso não é verdade!!! Olhem o potencial que uma mulher pode ter. Agora você pode ser uma imagem de inspiração para outras mulheres. Incrível mesmo. Parabéns! Não tenho nada que falar mais. Tchau. 


Com amor, Pedro Lucas. 


Nossa rainha Geni,

Hoje eu conheci os seus livros e eu amei. Mas eu gostei de dois especialmente: Leite do Peito e A dona das folhas. A minha professora leu pra gente. Eu amei e morri de rir com a nossa professora contando pra gente sobre o Prêmio Jabuti. Eu falei pra ela que eu amo ela e eu amo você também. 

Com amor, Pâmela.


Querida Geni,


Hoje na escola conhecemos você. Estudamos seus livros e sua história e eu fiquei muito emocionada com sua história. Eu percebi que você não escreve para trabalho, mas sim por amor. Eu amei conhecer você e sua família e adorei conhecer sua história. Com muito amor, carinho e afeto eu finalizo esta carta.

Ana Flávia. 10 anos 


Dona Geni, 

Eu gostei muito dos seus livros. São muito bons mesmo e eu gostei muito de você, Geni, e dos seus livros também. Eu estou admirado com a senhora. A partir de hoje eu vou me lembrar para sempre de você. Dona Geni a senhora é espetacular e minha professora falou muitas coisas boas sobre você hoje. Tchau! Até a próxima vez. Um beijo.

Com muito amor, Aldemir. 12 anos


Querida Geni, 

Hoje minha professora Ana Paula explicou sobre você: o que você fazia, falou da sua história e você é muito legal. Gostei muito de você. Minha professora gosta muito de você. Você é muito famosa. Aqui em Natal todos gostam de você. Minha professora quase chorava contando sobre você. Meus amigos da escola também gostam muito de você. Você é gentil. Conheci você hoje. 

Essa foi com amor, Jefferson Nicolas.


Dona Geni, 

Eu gostei muito dos seus livros. São muito bons mesmo e eu gostei muito de você, Geni, e dos seus livros também. Eu estou admirado com a senhora. A partir de hoje eu vou me lembrar para sempre de você. Dona Geni a senhora é espetacular e minha professora falou muitas coisas boas sobre você hoje. Tchau! Até a próxima vez. Um beijo.

Com muito amor, Aldemir. 12 anos


Querida Geni, 

Oi, Geni. Você é muito linda e eu gostei de você. Minha tia levou seus livros e eu gostei dos seus poemas e da sua família. Eu conheci você com seus livros e a sua casa também. Seus filhos e você são muito bonitos e eu achei você muito bonita. Seus livros são lindos e sua história também. 

Com amor, Sara. 12 anos


Querida Geni, 

Oi Geni, você é muito linda. Eu hoje ouvi a sua fala e eu achei você a minha rainha. Eu achei sua família muito legal, seus livros muito lindos e sua história muito linda. Eu e a professora achamos você importante. Você e minha professora são muito lindas. 

Com amor, Raissa. 11 anos.


Querida Geni, 

Oi Geni, gostei muito da sua história. Você realmente é uma heroína. Minha professora fala muito da sua pessoa. De verdade, você é uma guerreira. Eu quero aprender suas poesias e eu gostei muito de você.  

Com amor, William.