Claudino Leite

28/09/2021
PARE E REFLITA...
“A posteridade algum dia rirá da loucura do materialismo filosófico moderno. Quanto mais estudo a Natureza, mais fico assombrado com o Criador”.  (Louis Pasteur, cientista francês, cujas descobertas tiveram enorme importância na história da Química e da Medicina).
 
JERUSALÉM, A CIDADE DO REI
Segundo o relato da Bíblia Sagrada, chegamos a conclusão que, Jerusalém, a cidade em que nasceu Jesus não é populosa como São Paulo, nem rica como Tokyo. Também não é capital de nenhuma potência mundial, não está localizada em um lugar estratégico. Não é sede de grandes multinacionais e em boa parte de sua história tem permanecido sob o domínio de grandes impérios. Todavia, nenhuma outra no planeta e na história esteve tão presente. Nenhum lugar do mundo gerou tantas tensões. Nenhuma outra cidade domina tanto a imprensa ou mesmo a literatura. Podemos dizer que ela é a cidade mais amada e mais disputada do mundo. Nela se encontra, sem sombra de dúvida, o ponto nevrálgico da paz mundial. Em suas paredes se abrigam inúmeras esperanças, presentes e futuras, esperanças reais e irreais, justas e injustas. Ali se cruzam as estradas do espaço e do tempo. As nações puderam, inúmeras vezes, pisar Jerusalém. Muitos têm até mesmo amaldiçoados essa cidade por não entender os mistérios que a rodeiam. Pode-se amá-la ou odiá-la, contudo, é impossível contornar Jerusalém. Ela se encontra no centro das nações e da história. Não é verdade que todos os caminhos levam a Roma. Eles levam a Jerusalém. Foi lá que Abraão ofereceu Isaque e o Templo foi construído. Foi lá que o Messias morreu por toda a humanidade e foi lá que ele ressuscitou, vencendo a morte para sempre. Foi nessa cidade que o Espírito foi derramado de forma abrangente e distinta no Dia de Pentecoste. E foi dali que partiram os primeiros missionários para chegar até os confins da terra. Será contra Jerusalém que as nações se ajuntarão no futuro. Será sobre um de seus montes que o Messias colocará seus pés. E será à partir dela que o Cristo reinará sobre todos os reinos. E então ela será reconhecida afinal, como a cidade do grande rei. Deus não escolheu as coisas fortes e nem as coisas sábias deste mundo. Escolheu as coisas loucas e as coisas fracas, para demonstrar ao mundo que só Dele provém a verdadeira força e a verdadeira glória. Jerusalém não desfruta de algum tipo de grandeza, por causa de si mesma. Sua grandeza provém Daquele que a escolheu. Porém, escolhi Jerusalém para que ali estivesse o meu nome… (2º Crônicas 6:6). Os homens podem ter suas opiniões e podem desenvolver suas teologias. As nações podem fazer seus planos e implementar suas políticas. A Organização das Nações Unidas (ONU) pode pensar que tem o domínio do mundo em suas mãos, inclusive o domínio de Jerusalém. No entanto, Jerusalém sempre estará lá para lembrar a todos que Deus e somente Ele é o Senhor da história e que Ele a conduzirá conforme Seus próprios planos e nenhuma ação humana impedirá isso. Há dois mil anos o próprio Jesus disse que Jerusalém seria pisada pelos povos da terra e por quase dois mil isso foi um fato histórico. Todavia, ele mesmo estabeleceu os limites temporais para isso. Ele disse: “..até que o tempo dos gentios se complete…”. Este ano o fim do domínio das nações sobre Jerusalém faz 50 anos. Na Guerra dos Seis Dias, em 1967, os judeus conquistaram a parte oriental da cidade. Entendemos perfeitamente que Jerusalém só será de fato e de direito a “Cidade da Paz” quando nela reinar o Príncipe da paz. Antes disso, todos os acordos e contratos falharão. Todas as tentativas humanas, mesmo as melhores, não serão mais que ilusões. No entanto, após esses 50 anos da conquista de sua liberdade, reconhecemos que as promessas divinas deram mais um passo em direção à sua plenitude. E por isso, queremos abençoar Jerusalém, lembrando o Salmo 122: “Prosperem os que te amam, ó Jerusalém! Haja paz dentro de tuas muralhas e segurança em teus palácios” Em favor de meus irmãos e amigos suplicarei.
 
BEM-AVENTURADA  A PRIMAVERA!
Ao romper da aurora quarta-feira, 22 de setembro, notei a temperatura mais agradável, o ar mais úmido que no inverno, brotando novas folhas nas árvores e abrindo-se as flores, deixando um clima romântico no ar, além de uma bela paisagem nos jardins, campos e parques. Chegou ela, desabrochando a beleza das flores – a Primavera! Momento de aproveitar a grande quantidade de frutas, legumes e verduras desta época do ano, como abacaxi, mamão, acerola, abóbora, berinjela, brócolis e couve-flor. Até os animais apresentam comportamentos característicos nessa estação. Ela começa logo após o inverno e termina com a chegada do Verão, quando as chuvas vão ficando mais intensas. A Primavera se destaca pelas belas flores obra prima do Criador, tais como: girassóis, orquídeas, hortênsias, rosas, violetas e hibiscos, entre outras. Apesar de ser conhecida como a estação das flores, essa é uma característica da Primavera apenas em algumas regiões do planeta. No Brasil, o período de floração das plantas ocorre em diversas épocas, não apenas na Primavera, variando conforme as espécies. Afinal, podem cortar todas as flores, porém não podem impedir de a Primavera chegar. Bem-aventurada a Primavera!
 
“PÉROLAS DO ENTARDECER”
Triste realidade no ambiente religioso do nosso tempo.Hoje, na pós-modernidade, nascem igrejas rasas, superficiais, com mensagem de conteúdo cada vez mais reduzido. Muitos querem um culto que gaste cada vez mais tempo com emoções e menos tempo com a Palavra mais tempo com a santificação e gratificação pessoal e imediata. Apresentamos um aparência de religiosidade, mas, por baixo do pano, passamos pelos mesmos problemas que os estão fora da Igreja.Tudo porque perdemos os conteúdos. A Igreja se transformou num centro de gratificação pessoal! O Evangelho da Graça foi sendo substituído por uma religiosidade de méritos. Deus não se agrada. (Josoniel Fonseca pastor e teólogo).
 
AUDIÊNCIA PÚBLICA
Na segunda-feira, 20 de setembro, às 10 da matina, o deputado evangélico Jacó Jacó Jácome realizou, na Assembleia Legislativa, a audiência pública sobre “O Papel Social e Espiritual da Igreja no período da PANDEMIA”. A audiência ocorreu por videoconferência e tratou sobre o auxílio espiritual e psicológico, sobre o acolhimento social, arrecadação de doações e demais ações de cidadania promovidas pela igreja no período pandêmico. "Seguimos com os protocolos de segurança, ainda nos resguardando desta Pandemia, mas discutindo assuntos importantes, como o papel da igreja para nossa sociedade, que de maneira responsável e colaborativa, faz a diferença na vida das pessoas", destacou o jovem parlamentar. 
 
LIBERDADE DE EXPRESSÃO
Passei quatro anos na Faculdade de Jornalismo Eloy de Souza, ouvindo o meu professor de Técnica de Jornal Periódico, Woden Madruga, uma das estrelas da imprensa potiguar (Tribuna do Norte), ensinar: “Não há jornalismo sem liberdade de expressão”. Por sinal, esse foi tema da aula da saudade ministrada pelo craque da notícia da Tribuna do Norte, aos jornalistas de1975, no Salão dos Grandes Atos da Fundação José Augusto. Pois bem, a liberdade faz medo, é verdade. Mas amedronta os chefes. É aliada indispensável dos líderes, desde que sejam líderes e não chefes. Não há nada de mais ridículo do que um chefe de estado com medo da palavra, vivendo um pesadelo tenebroso de tentar proibi-la ao peso e estampido dos fuzis. Porém, sabem eles que a palavra é também uma espada e mais afiada, talvez do que aquelas que transpassam a cinta dos que ferem os direitos dos homens em nome do poder. Afinal, sabemos que a liberdade de expressão desse país amado e idolatrado, é garantido pela Constituição Federal promulgada em 1988. É só conferir!
 
PÚLPITO É PALANQUE?
Infelizmente, hoje, os pastores do Instagram, das redes sociais, enriquecidos pelos dízimos dos fiéis, fazem campanha para Bolsonaro dia sim e dia não também, o mesmo que faz chacota da tortura sofrida por brasileiros na ditadura militar, por exemplo. Porém, o que importa, não é mesmo? Púlpito virou palanque e palanque, púlpito. Isso será diferente em 2022?  Não tenho fé.
 
PRECATÓRIOS
 Associação dos Docentes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (ADURN) sopra esperança no seu boletim convencida de que os professores da instituição um dia vão receber os esperados precatórios. Será? Por acordo administrativo ou com discussão por via judicial. Informa, ainda o boletim da ADURN que um cálculo médio aponta o valor de R$ 35 mil de para cada docente. Menos os 36% do total de honorários, restará um crédito de R$ 22,4 mil reais.
 
CÂMARA CASCUDO
O Dicionário do Folclore Brasileiro, obra clássica do historiador natalense Luís da Câmara Cascudo, foi banida do acervo da Fundação Palmares (PE), por ordem do novo presidente do órgão, o super-idiota Sérgio Camargo. Justificativa: é “um livro não só gramatical e ortograficamente desatualizado, mas com páginas soltas e exibindo um forte cheiro de mofo“. Dando uma olhadinha nos jornais de hoje, não vi nenhuma reação da intelectualidade potiguar. Os ditos letrados da terrinha, quase todos bolsonaristas, estão mais calados do que a Pedra do Rosário. Pra quem não sabe, Luis da Câmara Cascudo foi o mais destacado folclorista brasileiro e é considerado o maior intelectual que o Rio Grande do Norte já teve. Lamentável!
 
EFICÁCIA DE PAULO FREIRE
Um dos principais integrantes da equipe de Paulo Freire, na experiência de Angicos, há 50 anos, o professor Marcos Guerra, que também participou da aplicação do Método de Alfabetização de adultos em 40 horas, em outros países do 3º Mundo, reage a interpretação dada a um texto aqui publicado, lembrando que foi o Estado de Santa Catarina que melhor aproveitou o pioneirismo do RN, promovendo um programa de interiorização do ensino a partir do que foi aplicado e comprovado aqui no Estado.Testemunha dessa história, o titular desta Roda Viva nunca duvidou do êxito da Experiência da Angicos, nem da viabilidade da alfabetização de adultos em 40 horas-aula. Como não duvida que a Terra seja redonda. Sabe que o método de Paulo Freire tem um diferencial, de se opor aos métodos tradicionais de silabação mecânica, totalmente descontextualizada, enquanto o MPF alfabetiza a partir do universo vocabular do aluno.
 
AYRES DE BRITO
Não faz muito tempo o ex-ministro Ayres Brito, entrevistado pela CNN, foi provocado no bom sentido, ele que é um defensor intransigente da Constituição Brasileira acima de todas as vontades e posições pessoais. A jornalista queria saber se Brito concordava com a afirmação de que o ativismo jurídico do Egrégio Supremo Tribunal Federal (STF) não estaria, indevidamente, usurpando a função de governo. Ayres Brito respondeu com a perfeição de um defensor da lei: “O STF não governa. Evita o desgoverno”.
 
 
 
APOIADORES MINGUADOS
Agradar seu grupo mais radical e também cada vez mais minguado de apoiadores está levando o presidente capitão ao mesmo número de interlocutores que Adolf Hitler tinha no fim da guerra, quando os russos de um lado e os ingleses, de outro, batiam às portas de Berlim. Pelo andar da carruagem essa tendência vai se acentuar nos próximos meses, quando parte do primeiro escalão do Governo Federal se candidatar aproveitando-se dos votos dessa minoria operosa e barulhenta, rezando a fim de que seu passado seja logo esquecido quando os aliados tomarem o poder.
 
BOLSONARO NA ONU
O presidente Jair Bolsonaro fez o tradicional discurso de abertura na 76ª Assembleia Geral das Organizações das Nações Unidas (ONU), que aconteceu na manhã de terça-feira , de 21 setembro, em sua Nova York (EUA). Delegações estrangeiras receberam o discurso do presidente Bolsonaro (sem partido) na abertura da ONU como uma mistura de indignação, decepção e ironias. Representantes de seis países diferentes consultados pelo UOL foram unânimes em alertar que, diante do descrédito completo do brasileiro no cenário internacional, o presidente “afundou” o país num isolamento ainda maior.
 
PROVA DE VIDA
Ainda precisa ser feita por 4.979.617 de segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) até 2022. Segundo levantamento pela Providência Social, cerca de 36.238.880 de pessoas que precisam realizar a prova de vida nos bancos todos os anos, 31.259.263 já fizeram o procedimento entre 2020 e 2021 (até agosto).Enquanto no ano passado apenas 6,5 milhões de pessoas fizeram a prova de vida devido à suspensão da obrigatoriedade em decorrência da pandemia, neste ano, até agosto, já chega a 24,7 milhões o número de segurados que comprovaram que estão vivos para continuar recebendo os benefícios do INSS.
 
SOCORRO DE TEMER
Trocando a arrogância pela humildade, o presidente Bolsonaro, o símbolo da “nova política”, bateu à porta da “velha política”, representada por quem manobrava o timão quando esse movimento, surpreendentemente,  decolou. O discretíssimo ex-presidente Michel Temer, que ele mandou buscar em São Paulo num dos jatos da Presidência da República”, chegou a Brasília acompanhado pelo seu marqueteiro, Elsinho Mouco, que acompanha o ex-presidente desde São José do Rio Preto, e tenta ser tão discreto quanto ele. O resultado foi imediato, segundo o mesmo termômetro que emitiu os sinais de perigo para Bolsonaro revelando um resultado contrário: a Bolsa subiu e o Dólar caiu. Os autores materiais da “Carta à Nação” não abriram o bico, ou cometeram qualquer tipo de inconfidência, mesmo assim não foi difícil reconstituir a montagem da operação “socorro urgente”. Nem mesmo os leitores profissionais conseguiram identificar qualquer impropriedade no texto assinado por Bolsonaro. As críticas se encaminharam para a assinatura, ou pela falta de cumprir o que historicamente era firmado pelo signatário e não saia do papel. 
 
 
OBITUÁRIO
. Assembleia de Deus em Alagoas se despediu, no domingo,19 de setembro, do pastor e missionário José Carlos Feitosa, de 56 anos. O religioso estava de visita à sua terra natal, Alagoas, quando foi diagnosticado com Covid-19. Ele foi intubado após apresentar baixa saturação e algumas complicações. Após alguns dias, Feitosa apresentou uma melhora e foi extubado. No entanto, em seguida, o seu quadro clínico piorou novamente e ele voltou a ser intubado.Porém, ele não resistiu e veio a falecer. O pastor José Carlos Feitosa fazia um excelente trabalho de missões na Bolívia e estava pela segunda vez naquele país. Ele também passou alguns anos como missionário na Argentina. O pastor-presidente da AD de Alagoas, José Orisvaldo Nunes de Lima, em nome de toda a igreja e de todo o ministério, solidariza-se com os familiares e amigos do pastor Carlos, pedindo a Deus que conforte os corações e desse forças para transformar da perda em fé e esperança.
 
. No fim dos tempos um dos sinais preditos por Jesus é de que o amor se esfriará e as relações humanas se tornariam cada vez mais líquidas. E assim tem sido até mesmo dentro das famílias. Um exemplo claro desse cenário  foi o caso da morte do pai, um pastor evangélico, pelo próprio filho. O corpo do pastor Jonas dos Santos, de 37 anos foi encontrado dentro de uma cova rasa, no quintal de uma casa, na cidade de Pojuca, na região Metropolitana de Salvador BA). Segundo o delegado que investiga o caso, João Miranda Pithon, o suspeito do crime é o filho do pastor e um colega seu. O rapaz tem 15 anos. O caso chocou a cidade tendo em vista se tratar de uma família religiosa.Ainda de acordo com as informações divulgadas, um tio do rapaz teria induzido a cometer esse terror e matar o próprio pai, os motivos são desconhecidos.
 
. Ou obedece as orientações das autoridades sanitárias ou parte para a eternidade. Pois bem, isso ocorreu com o médico Anthony Wang, que morreu de complicações causadas pela Covid-19, e que foi um dos pacientes que o grupo Prevent Senior maquiou o atestado de óbito, era totalmente contra a vacina. Declarava em entrevista que não iria tomar. E usava discurso repetido insistentemente pelo presidente Jair Bolsonaro, inclusive agora, em Nova York, no encontro com o premiê britânico Boris Johnson, de que já tinha contraído o vírus e estava com elevado nível de anticorpos. Anthony Wang dizia isso. Mas foi infectado e faleceu. Pois é, com as prescrições médicas não se brinca.
 
. Faleceu em São Paulo, o livreiro e editor José Xavier Cortez, 84 anos de idade, na  sexta-feira, 24 de setembro, aos 84 anos. A causa da morte não foi divulgada. Natural de Santa Rita, Zona Rural de Currais Novos (RN), ele se notabilizou por ter fundado a Cortez Editora, em 1980. Além de editar, Cortez também escrevia, e lançou no ano passado “Tempos de Isolamento”, livro de memórias e reflexões sobre sua vida. Morando no Sudeste, sempre visitava sua terra de origem. A trajetória dele explica sua visão aguçada, política, e de foco na educação. A vida árida no sertão o fez pensar em outras possibilidades. Em seguida foi servir a Marinha no Rio de Janeiro, onde ficou até 1964, sendo expulso por questões políticas. Se mudou para São Paulo e recomeçou tudo do zero. Em 1966 conseguiu entrar no curso de Economia da PUC-SP. Foi quando sua vida mudou completamente. A Livraria Cortez foi aberta em 1968, anos antes da editora. É mais um intelectual potiguar que parte para a eternidade.
 
GIRO PELO TWITTER...
... Parabéns ao amigo e irmão em Cristo, o cientista político Valdemir Sabino da Silva, que quarta-feira, 22 de setembro, festejou mais uma primavera. Que sua data não seja só de alegrias, mas sim para que à passagem dos anos, você possa aprender as lições que a vida lhe oferece. Leia e medite no Salmo 90. Feliz Aniversário, Amigo!
 
... O papa Francisco defendeu que haja leis civis para regular uniões homoafetivas, ressaltando que o casamento seja apenas entre um homem e uma mulher, segundo a Bíblia Sagrada. A declaração foi feita por ele em entrevista ao Vatican News, quando o Sumo Pontífice retornava de uma visita à Eslováquia;
 
 
... Ministros do Rio Grande do Norte, Fábio Faria e Rogério Marinho brigam pela cadeira de Senador da República na eleição 2022;
 
... Associação dos Docentes da Universidade Federal (ADURN) sopra esperança no seu boletim convencida de que os professores da instituição um dia vão receber os esperados precatórios. Será? Por acordo administrativo ou com discussão por via judicial. Informa, ainda o boletim que um cálculo médio aponta o valor de R$ 35 mil de para cada docente. Menos os 36% do total de honorários, restará um crédito de R$ 22,4 mil reais.
 
... Enquanto a Liga contra o Câncer de Natal luta para receber R$ 7 milhões do Sistema Único de Saúde (SUS), por prestar um serviço essencial, a bancada federal mantém sua omissão desastrosa. Chegamos ao fundo do poço; 
 
... O professor Geraldo Batista de Araújo, da Universidade Federal (UFRN), não gostou de saber que a Justiça aprovou a realização do Carnatal este ano, permitindo aglomerações gigantescas e diante do perigo das variantes do Coronavírus. Para Geraldo, resta agora saber se foi coisa de um juiz “ou de um desajuizado”; e
 
... O capitão Styvenson Valentim saiu da tropa, onde comandou – com raro sucesso – a Operação Lei Seca, que puniu todo tipo de infratores (inclusive os automobilistas do andar de cima), capitalizando para si a onda da nova política a partir do seu  desempenho policial, sem precisar explicar como isso o credenciava  para ser candidato a senador.