Liliana Borges

04/07/2020
 
UNIVERSIDADE SÉNIOR, Quinta do Saldanha
 
 
As Universidades Seniores (US) são organizações socioeducativas que visam criar e dinamizar regularmente atividades nas áreas sociais, culturais, do conhecimento, do saber e convívio, a partir dos 50 anos de idade, prosseguidas por entidades públicas ou privadas, com ou sem fins lucrativos e, sua missão é manter as pessoas ativas e interessadas por diversas áreas de estudo e saber, incrementando a sua autoestima e gosto pela aprendizagem ao longo da vida,  conforme  descrição na  página eletrônica da  RUTIS.
 
A RUTIS é uma Associação Rede de Universidade da Terceira Idade que é uma instituição particular de solidariedade social e de utilidade pública de apoio à comunidade e aos seniores, de âmbito nacional e internacional, com sede em Almeirim, cidade portuguesa localizada no Ribatejo, pertencente ao distrito de Santarém, e criada em 2005. Em Portugal, as US da RUTIS possuem mais de 45.000 alunos, 300 entidades e 5.500 professores voluntários. Isto mesmo, os professores são VOLUNTÁRIOS!
 
US funcionam seguindo o período do ano letivo português, onde seu calendário escolar inicia em setembro/outubro e encerra em junho/julho. Elas oferecem disciplinas e não cursos específicos como: atividades de artes, informática, desportos, ciências sociais e humanas, cidadania, entre outras. Variam de Universidade para Universidade concordante com as disponibilidades e conhecimentos dos professores que se propõem a lecionar nestas instituições. As matérias mais procuradas são informática, saúde, história, inglês e cidadania.
 
As Universidades Seniores Públicas são administradas pelas Câmaras Municipais e, o Presidente da Câmara nomeia seu Reitor. No Montijo foi fundada em 2006, instalada na Quinta do Saldanha, Membro nº 164 da RUTIS. Atualmente, o renomado Professor José Francisco dos Santos é seu Reitor com o mandato de 2 anos letivos. É importante mencionar que o valor médio das mensalidades são 12 euros. Curiosamente, serviços públicos em Portugal não significam gratuidade, mas quando cobrados, as taxas são pequenas ou até mesmo simbólicas.
 
 Além das atividades práticas e teóricas, são oferecidas atividades extracurriculares:  visitas de estudo, ida a espetáculos, conferências, exposições, workshops, festas e convívios. A partir do meu ingresso na instituição, tive a oportunidade de conhecer melhor os costumes portugueses, criando, também, bons laços de amizades; conjuntamente, visitar lugares que são poucos divulgados pelo turismo, inclusive, desconhecidos por esta colunista.
 
Portanto, retornar a vida estudantil foi um facilitador para o meu processo de adaptação como imigrante brasileira e; as matérias que escolhi, os professores e colegas acolhedores são fontes de inspiração para escrever meus artigos  nesta coluna.  No último período escolar cursei as disciplinas:  Inglês, Espanhol, Turismo e Lazer e, Organizações e Cidadania. O valor da minha mensalidade era de 10,37 euros, admirável! 
 
Como não poderia ser diferente aqui no Velho Continente, tudo nos reporta a História. A US de Montijo está situada na belíssima QUINTA DO SALDANHA, aproximadamente a 33 Km de Lisboa. A placa assentada ao lado da pequena capela próxima a entrada principal tem a seguinte descrição: “A Quinta do Saldanha e Ermida do Senhor dos Aflitos, conjuto classificado de interesse Municipal, provavelmente edificado no século XVI, com reconstruções posteriores a 1755, era descrita pelo P.e Antônio da Costa na Obra Coreografia Portuguesa (1712), como sendo do “Morgato de Luis Saldanha da Gama”. 
 
Pesquisando seus registros, verifiquei que foi uma propriedade agrícola, constituída pela casa principal de dois pisos, um oratório, jardins, hortas, vinhas e pomar, salinas e um moinho de maré de quatro mós e; no seu portão principal, ainda, encontra-se o brasão em pedra da famíla do instituidor, Duarte da Gama. É popularmente conhecida por esta demoninação pelo fato de ter pertencido à família Saldanha da Gama, em consequência da união entre as duas famílias por matrimônio. No terremoto de 1755, as edificações foram destruídas e posteriormente foram reconstruidas, dando o solar e à ermida(capela) os atributos que atualmente podemos  desfrutar de sua beleza.
 
Recomendo, se por acaso tenham interesse de residir em Portugal é uma excelente opção para sua socialização, frequentar uma US. Ademais é uma atividade ocupacional proporcionando conhecimentos em diversas áreas. Entretanto, a exigência para o ingresso, apenas, é ter no mínimo 50 anos. Aliás, não é necessário fazer provas ou apresentar currículo para o ingresso nas academias, nem muito menos, prestar exames no decorrer das matérias escolhidas.
 
Simplesmente, conviver, aprender com prazer…
 
Este programa é executado pelas Câmaras Municipais em todo o país e, mais um motivo para Portugal receber nossos aplausos!
 
Vale visitar! Bela Quinta que enchem nossos olhos, as margens do Tejo!