Messi conquista 6ª Bola de Ouro, deixa Ronaldo para trás e é o maior vencedor

02/12/2019


Foto: Lionel Messi com o troféu Bola de Ouro da revista France Football EFE
 
Nesta segunda-feira, a revista France Football anunciou o vencedor do seu tradicional prêmio, e o argentino se isolou na lista de ganhadores, deixando para trás Cristiano Ronaldo, com cinco.
 
O português da Juventus, aliás, não foi a Paris para a premiação. Ele terminou em 3º lugar, atrás de Virgil van Dijk, do Liverpool.
 
Em setembro, o astro do Barcelona já havia conquistado o The Best, da Fifa. Desde que os dois prêmios se separaram, em 2016, os ganhadores sempre foram os mesmos.
 
Messi ficou com o troféu no atual formato pela 1ª vez, já que sua última conquista tinha sido em 2015 - as outras foram em 2009, 2010, 2011 e 2012.
 
"Antes de tudo, quero agradecer os jornalistas que votaram em mim, que me elegeram. Obrigado aos meus colegas do Barcelona, que contribuíram para que eu ganhasse este prêmio. Obrigado pelo reconhecimento. Há 10 anos ganhei a primeira Bola de Ouro em Paris e era impensável para mim tudo o que estava vivendo. Chegou o 6º em um momento totalmente diferente em minha vida pessoal, com minha mulher, com os filhos, e como disse a minha mulher na mensagem, em todo este tempo nunca deixei de sonhar, de crescer, de desfrutar o futebol. Sei da idade que tenho, e vai chegando o momento da aposentadoria, mas quero seguir desfrutando do futebol", afirmou o craque, em seu discurso de agradecimento.
 
Na temporada passada, foram 50 jogos, 51 gols, 19 assistências e 141 chances de gol criadas - levando em conta os números de Campeonato Espanhol, Copa do Rei, Supercopa da Espanha e Champions League. Pela 3ª vez consecutiva, e 4ª nos últimos cinco anos, Messi foi eleito o melhor jogador da temporada no LaLiga Awards.
 
O camisa 10 ainda terminou como artilheiro da Champions, com 12 gols, quatro a mais do que Robert Lewandowski. Em LaLiga, também faturou o prêmio, com 36 gols, 15 a mais do que Luis Suárez e Karim Benzema.
 
Com mais um excelente desempenho individual, o craque conquistou apenas o Espanhol e a Supercopa da Espanha no âmbito coletivo, tendo visto seu time perder para o Liverpool na semifinal da Champions League e para o Valencia na decisão da Copa do Rei.
 

Fonte: ESPN.com.br