Conquistas e desafios são apresentados no evento UFRN Aberta

07/11/2019


 
As conquistas, os desafios e os planos para a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) foram apresentados aos jornalistas do Estado nesta quinta-feira, 7, durante o evento UFRN Aberta, realizado no auditório da Superintendência de Comunicação. O reitor da instituição, José Daniel Diniz Melo, expôs o balanço dos 100 primeiros dias de gestão e as ações planejadas para os próximos anos, as quais têm o principal objetivo de fortalecer o valor público e estratégico da UFRN junto à sociedade.
 
Os primeiros dias de gestão tiveram como destaques as novas parcerias, entre elas com a prefeitura de Natal e o Governo do Estado, assim como a melhoria da avaliação dos cursos de graduação, o trabalho de análise dos impactos do óleo no litoral potiguar, o projeto do Parque Científico Tecnológico do RN Augusto Severo (PAX) e a organização da 72ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que acontecerá em 2020 na UFRN.
 
O reitor também evidenciou os rankings mais recentes, que reconheceram a instituição como a mais empreendedora do Nordeste, de acordo com a Confederação das Empresas Juniores Brasileiras, e a 13ª universidade brasileira com produções de maior impacto científico, segundo levantamento da empresa Clarivate Analytics, que analisa a qualidade das publicações das principais revistas científicas do mundo. Outro ponto relevante foi a conquista do selo de Impacto Acadêmico da Organização das Nações Unidas (UNAI/ONU), como reconhecimento por ações que dialogam com valores da ONU, que incluem acesso à educação, sustentabilidade e a resolução de problemas sociais.
 
Entre os desafios para os próximos anos, Daniel Diniz destacou a melhoria da qualidade acadêmica, o fortalecimento do compromisso social, inclusão, comunicação e o aperfeiçoamento da governança institucional. “Estamos concluindo o nosso Plano de Gestão e iremos apresentá-lo ao Conselho Universitário. Teremos desafios importantes para que a UFRN continue cumprindo a missão de servir o nosso estado”, afirmou o reitor, ao enfatizar que a instituição baliza as suas ações de acordo com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU (ODS).
 
UFRN Aberta
 
A primeira edição do UFRN Aberta contou com a participação de profissionais da comunicação externa e interna. De acordo com o superintendente de Comunicação da Universidade, Sebastião Faustino, a iniciativa contribui para uma maior proximidade com a sociedade, a fim de mostrar o que é feito na UFRN e a sua importância para a população. O evento teve como objetivo reforçar o compromisso com a transparência e a promoção da participação social.