Governo do RN fez evento em São Paulo com destaque para o turismo

05/11/2019

Por: Redação PN
Foto: PNTV
Ações que visam fortalecer e ampliar o setor do turismo, um dos principais motores da economia potiguar, foi assunto amplamente discutido na programação do RN Invest, evento promovido pelo Governo do Rio Grande do Norte em São Paulo, nessa segunda-feira, 4. Durante o evento, a governadora Fátima Bezerra e a secretária de Estado de Turismo, Ana Maria da Costa, estiveram reunidas com representantes da CVC, a maior empresa de turismo terrestre da América Latina, e da Inframerica, administradora do Aeroporto Internacional de Natal.
 
Elaborado no formato de Roadshow, o RN Invest teve como objetivo apresentar as potencialidades do RN ao público empresarial e atrair investimentos para o estado. “Para colocar o Rio Grande do Norte no rumo do desenvolvimento, é preciso aproveitar todas as nossas potencialidades e o turismo é sem dúvida uma das principais. O turismo forte promove o crescimento da economia, traz emprego e renda. Para isso, reformulamos nossa política de incentivos fiscais e adotamos medidas para garantir segurança jurídica, eficiência e agilidade nos processos de licenciamento ambiental”, enfatizou a governadora.
 
Turismo terrestre
 
Em reunião com o Diretor Executivo de Produtos Terrestres Nacional da CVC, Clayton Armelin, foram discutidos o fortalecimento do turismo regional rodoviário em parceria com o Governo, bem como ações para reduzir possíveis impactos negativos para temporada, com relação às manchas de óleo encontradas em praias do Nordeste – já que há uma perspectiva de 12% de aumento no fluxo de turistas em comparação ao ano passado – e como incrementar ações na vendas de pacotes para o RN com foco na baixa temporada.
 
“A reunião foi muito positiva. O Governo está empenhado na busca por mais investimentos no turismo. Temos expectativas de aumentar o número de fretamentos para o estado em 2020 e aumentar o turismo regional rodoviário. Para isso, vamos buscar ações em conjunto com outros estados do Nordeste e com a CVC”, ressaltou a secretária Ana Maria da Costa.
 
QAV e malha aérea
 
A ampliação da malha aérea do RN, alcançada após a implementação da nova política de desoneração do querosene de aviação (QAV), foi o tema da reunião com a empresa Inframerica. O Rio Grande do Norte já possui resultados positivos, em comparação com o ano passado, com perspectivas de incremento na captação de novos voos para o estado. “Solicitamos mais uma vez, a possibilidade de fazermos divulgação do nosso destino, em aeroportos administrados pela concessionária, como os de Brasília, Argentina (Ezeiza, Córdoba) e o de Montevideo”, destacou Ana Maria.
 
O novo regime de concessão especial de tributação para as companhias aéreas estipula cinco alíquotas do ICMS que incide sobre o QAV, partindo de 12% e podendo chegar a 0%. A grande mudança é o estabelecimento de metas para a concessão do benefício, que inclui aumento e regularidade de voos, inclusive internacionais. E mais: as empresas que não cumprirem terão de devolver o imposto em valores retroativos. O RN é o ponto mais próximo dos continentes africano e europeu e esta nova política de incentivos proporciona ao estado mais competitividade no mercado da aviação nacional e internacional.