Consulta presencial do PPA 2020-2023 é encerrada em Natal

27/06/2019

Por: Redação PN
Foto: Reprodução
A consulta popular presencial do Plano Plurianual 2020-2023 (PPA) terminou hoje (26) em Natal com a participação de quase duas mil pessoas, que levaram sugestões e propostas para o futuro do Rio Grande do Norte. O 10º e último encontro envolveu o território Terra dos Potiguaras, que inclui Natal e alguns municípios da região metropolitana, e aconteceu na Escola de Governo. A população ainda pode participar, via internet, até dia 30 de junho, por este link.
 
Ao abrir o evento, o secretário de Gestão de Projetos e Metas, Fernando Mineiro, destacou a importância do encontro e a pluralidade da plateia presente. “Atendemos uma determinação da governadora Fátima Bezerra e realmente começamos a construir um PPA participativo, envolvendo todos os setores da sociedade. Uma iniciativa tocada pela prata da casa: 90 servidores e técnicos do Estado, que rodaram os territórios em busca desse diálogo com a população. A partir de agora começamos a fase mais difícil que é burilar as sugestões que recebemos”, disse.
 
O vice-governador Antenor Roberto destacou que a gestão Fatima está mostrando por meio do processo de construção do PPA que é possível estabelecer padrões de governança, de administração publica com participação e controle social. “A construção desse Plano confirma a prática e o diálogo com o programa de governo, mostrando que essa gestão quer a participação e o controle da sociedade sobre os atos do governo. Que a verdadeira política pensa as ações no plural e não individualmente”, ressalta Antenor.
 
O secretário adjunto de Planejamento e Finanças, George Câmara, destacou que o grande desafio foi articular a participação popular, mas o Governo do Estado obteve êxito. “Até hoje foram mais de 1.530 sugestões que recebemos nesses encontros territoriais e esperamos receber muito mais nesse de hoje. Este PPA vai cumprir o objetivo desta gestão, que é de governar para o conjunto da sociedade, com foco nas populações menos favorecidas e interiorizando os investimentos”, destacou.
 
Em seguida o coordenador de Planejamento, Acompanhamento e Controle da Seplan, Américo Maia, fez uma explanação sobre os principais índices sociais e econômicos que envolvem o Terra das Potiguaras. Entre eles, o de que a região amarga os maiores indicadores de violência por arma de fogo. Ao final da breve palestra, orientou os presentes sobre a discussão em grupo que viria a seguir.
 
Os participantes foram divididos em cinco grupos para debater os cinco eixos temáticos, de acordo com a escolha de cada um: 1) valorização da vida, segurança e paz social; 2) desenvolvimento cultural, social e defesa da cidadania; 3) garantia de direitos; 4) desenvolvimento regional sustentável com inclusão econômica e 5) governança administrativa e financeira. Ao final, as propostas de cada grupo foram apresentadas e votadas em plenária.
 
Também participaram do encontro de hoje o secretário de Planejamento de Natal, Alexsandro Ferreira, a deputada estadual Isolda Dantas, a vereadora Divaneide Basílio e o presidente da UBES, Pedro Gorki.