Projeto da Prefeitura de Jundiá com MPRN protege crianças e adolescentes

19/06/2019

Por: Redação PN
Foto: Reprodução / Internet
Uma parceria do Ministério Púbico do RN e a Prefeitura de Jundiá, protege crianças e adolescentes que estão em situação de abandono familiar. O principal objetivo do programa é acolher os jovens, oferecendo acima de tudo, amor e carinho. 
 
Segundo o secretário de Assistência Social da cidade, Valdinho Lima, o projeto já foi aprovado pelo Legislativo municipal e agora está em fase de levantamento de perfis que se encaixam na proposta. 
 
O MPRN, através do Centro de Apoio Operacional às Promotorias da Infância e Juventude (Caopij), desenvolve o programa Abrace-Vidas, cujo objetivo é fomentar a implantação do Serviço de Acolhimento em Familiar. A intenção é ampliar a oferta do serviço para crianças e adolescentes afastados do convívio familiar. Desde o seu lançamento em 2014, mais de 40 municípios já aderiram ao projeto. 
 
Deverão ser ofertadas proteção e alternativa de moradia provisória, com atendimento personalizado, para crianças e adolescentes órfãos, abandonados e/ou vitimizados, como medida excepcional, quando esgotados os recursos de manutenção da criança ou adolescente na família natural ou extensa. 
 
"Esse programa tem uma metodologia, de apoiar crianças destituídas do poder familiar, e essa família acolhedora tem como objetivo dar o carinho e o amor", comentou Valdinho.