Em primeiro discurso como governadora, Fátima destaca "legado dramático"

01/01/2019

Por: Hugo Vieira
Foto: Reprodução / Internet

Durante o discurso de posse como governadora do Estado na tarde desta terça-feira  (1)  no Centro Administrativo do Governo. A empossada governadora Fátima Bezerra abriu a fala agradecendo aos votos que obteve nas eleições de novembro.

Ela estava acompanhada do vice-governador Antenor Roberto e membros  da nova gestão.

"Sou a única mulher a tomar posse hoje como governadora", destacou Fátima aplaudida pelo público  que acompanhou a cerimônia de posse.

A governadora relembrou nomes de históricas mulheres potiguares, "Trago a memória de Maria do Céu Fernandes, Alzira Soriano, de Clara Camarão, de Nísia Floresta, te todas as mulheres potiguares e brasileiras, que me inspiram cotidianamente a continuar na luta, vocês tomam posse comigo hoje". Disse.

PRIMEIRO COMPROMISSO

A governadora adiantou no seu discurso que sua primeira atividade no comando do executivo do Estado será uma reunião com representantes do judiciário, empresários e sindicatos às 9 horas da manhã desta quarta-feira (2).

Na ocasião deverá ser discutido o orçamento do Estado.

Fátima Bezerra disse que não fará um governo olhando para o "retrovisor". A fala foi uma crítica aos governos passados do Rio Grande do Norte.

Também fez um asceno para  os eleitores que não a escolheram nas urnas, "Agora vou governar para todos; para os que votaram e que não votaram em mim. Como disse durante a campanha, esse governo será pautado no diálogo".

Após breve pausa para tomar água, Fátima retomou o discurso afirmando que sua administração buscará soluções para tornar o Estado um "grande Rio Grande do Norte".

Ela deu ênfase ao déficit orçamentário do Estado que herdou, "O legado que estamos recebendo é dramático". Citando a dívida do Estado que chega a 2,6 bilhões de reais.

A governadora Fátima Bezerra finalizou seu primeiro discurso alertando para o tempo que será necessário para ajustar os gargalos do Rio  Grande do Norte.

"Pelo povo do Rio Grande do Norte, vou me dedicar todas horas da minha vida, para que se Deus quiser dizer; valeu o sonho, valeu a luta, valeu a vitória, viva o povo do Rio Grande do Norte". Finalizou.