Cidade do Sol: cinco curiosidades para comemorar os 419 anos de Natal

25/12/2018


Fundada em 25 de dezembro, Natal completa, nesta terça-feira, 419 anos. A cidade, capital do Rio Grande do Norte, carrega histórias que marcaram sua formação e particularidades. Devido à data da fundação, o município recebe este nome em menção à celebração do nascimento de Jesus Cristo. Para comemorar o aniversário da Cidade do Sol, listamos cinco curiosidades sobre o município. Confira:
 
Território francês
 
Situada às margens do Rio Potengi, a cidade foi por muito tempo embarcadouro da França. O interesse do governo francês no município potiguar era conquistar o litoral nordestino, área na qual, atualmente, está localizado o Rio Paraíba e o Ceará. Por uma privilegiada posição geográfica, Natal foi considerado crucial para o sucesso da missão francesa.
 
Cidade do Sol ou Noiva do Sol
 
As particularidades da capital potiguar vão além das questões históricas. Os natalenses podem curtir as praias do município durante um longo tempo do ano. Isso porque, Natal é a localidade com o maior número de dias de sol do país, o equivalente a 300 dia no ano. Por isso, a capital é carinhosamente chamada de Cidade do Sol ou Noiva do Sol.
 
Precursor do chiclete
 
Durante a Segunda Guerra Mundial, o município funcionou como base norte-americana. Neste período, como forma de aliviar o estresse dos soldados e civis, a comercialização do chiclete em terras potiguares foi iniciada. Assim, os  natalenses foram os primeiros do Brasil a provar o chiclete.
 
Capital da corrida espacial do Brasil
 
Em 1965 o Brasil entrou para a corrida espacial. O ano marca a inauguração da base de lançamentos de foguetes em Barreira do Inferno, localizado no litoral sul de Natal. Nesta época, a cidade ficou conhecida na mídia local como a Capital Espacial do Brasil e mostrava a importância do Centro de Lançamento de Foguetes da Barreira do Inferno, que era o único do país.
 
Capital Mundial do Buggy
 
Os passeios de buggy pelas praias são as maiores atrações turísticas da cidade. Não é à toa que Natal é conhecida como a Capital Mundial do Buggy. O título faz referência a grande frota de buggys do país e do mundo.
 

Fonte: UniNassau