Nina Souza: "Juridicamente, Andréa Ramalho não pode ser candidata a prefeita"

05/12/2018

Por: Cefas Carvalho
Em entrevista no programa Jornal Potiguar Notícias, transmitido pela PNTV e cadeia de rádios, a vereadora em Natal Nina Souza (PDT) falou sobre seu mandato, Câmara, política e também sobre a situação político-jurídica da ex-primeira dama de Natal, Andréa Ramalho Alves, que vem sendo especulada no mundo político como possível candidata à Prefeitura de Parnamirim em 2020.
 
Nina, que é advogada, afirmou que "no meu entendimento jurídico, a mesma lei que impede Carlos Eduardo ser candidato a prefeito em Natal ou qualquer município por caracterizar um terceiro mandato consecutivo se estende aos cônjuges, ou seja, Andréa dificilmente teria condições jurídicas para viabilizar a candidatura".
 
A vereadora elogiou a ex-primeira dama e disse que estará com ela em 2020, embora considere inviável uma candidatura a cargo executivo.
 
ENTENDA
 
Carlos Eduardo foi eleito prefeito de Natal em 2012 e reeleito em 2016. No início deste ano, renunciou ao cargo para tentar o Governo do Estado, não obtendo êxito. Portanto, pela Lei Eleitoral, Carlos tentando a prefeitura de Natal ou qualquer outro município onde venha a ter domicílio eleitoral em 2020 caracteriza um terceiro mandato vetado pela Legislação. Como a lei se estende aos cônjuges, a legislação impediria candidatura de Andreia em natal ou em Parnamirim.