Departamento de Jornalismo da UFRN lança terceira edição da Revista Tabu

03/12/2018

Por: Andrezza Tavares
Acontece, nesta quinta-feira, 6 de dezembro, das 13h às 17h, no Anfiteatro I do Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Decom/UFRN), o lançamento da terceira edição da Revista TABU. Desenvolvida por estudantes do Curso de Jornalismo, a publicação busca ser um espaço em que a defesa da democracia e dos interesses coletivos seja a principal pauta de discussão e foco da abordagem jornalística. Como princípio editorial, a TABU procura lutar pela ampliação de vozes das camadas sociais historicamente silenciadas e se dispõe a oferecer maior abertura para debates que fogem da perspectiva convencional dos veículos tradicionais de informação.
 
Para marcar o lançamento da edição, a equipe de elaboração da revista, sob orientação da professora doutora do Decom/UFRN, Janaina Barcelos, promoverá uma mesa-redonda que abordará a violência contra a mulher, as causas LGBT+ e dos povos indígenas potiguares, temas abordados neste número da revista.
 
Estão convidados para o debate, a pedagoga, especialista em Docência do Ensino Superior, Udymar Pessoa Dantas Cardoso, que falará sobre “Feminismo, pioneirismo e protagonismo no RN”; o militante da causa LGBT+, Ysmael Rabino Marrocos Ventura Sousa, atuante no Coletivo Kizomba e coordenador de combate do racismo do DCE/UFRN; e o cacique Potiguara da comunidade Catu, José Luiz Soares - o Luiz Catu -, professor de Etno-História nas escolas municipais João Lino da Silva, em Canguaretama, e Alfredo Lima, em Goianinha, líder da luta pela criação da primeira escola indígena do RN e pelo cumprimento do currículo específico.
O evento é aberto ao público. Quem desejar participar, deverá realizar as inscrições na plataforma on line SIGAA, da UFRN. A atividade está cadastrada no campo dos Projetos de Extensão. A participação é gratuita e possui vagas limitadas.
 
O desenvolvimento da TABU, inserida como revista-laboratório no componente curricular Laboratório de Planejamento e Pesquisa em Jornalismo, visa a desenvolver a autonomia dos estudantes de jornalismo, ao aproximá-los dos desafios a serem enfrentados na prática da profissão.