Audiência na Câmara Municipal de Parnamirim debate economia solidária

30/11/2018

Por: Redação PN
Foto: DIVULGAÇÃO
A ampliação do debate sobre a importância do controle social e garantia de recursos e orçamento para a economia solidária foi um dos eixos principais da audiência pública realizada pela Câmara de Parnamirim, na manhã desta quinta-feira(29).  A ação foi de propositura do mandato da vereadora Ana Michele (PT) e reuniu representantes do poder executivo, empreendedores e população. 
 
A audiência foi aberta e coordenada pela vereadora propositora da ação, Ana Michele. Ela destacou a importância da temática. “Há muito o que se avançar na economia solidária. Então, esse é o momento para somarmos juntos nas discussões para que saíam daqui encaminhamentos concretos para avançarmos nas iniciativas do campo deste temática”, justificou. 
 
Durante as discussões, temas como o fortalecimento da rede e empreendimentos de economia solidária existentes no Município e no RN, estímulo e fomento das cooperativas e cooperativismo, além do contexto do trabalho e geração de emprego e renda foram amplamente debatidas pelos presentes. 
 
O professor do departamento de Serviço Social da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Roberto Souza, reforçou que é preciso construir mais políticas públicas para o desenvolvimento da economia solidária. “Se faz necessário um conjunto de iniciativas dos poderes para que a economia solidária, de fato, influencie na sociedade através do trabalho como uma forma de realização humana”, disse. 
 
A psicóloga do setor de trabalho da Secretaria Municipal de Assistência Social, Mariana, fez uma explanação sobre os dados de geração de emprego e renda em Parnamirim. “Nosso setor faz todo o processo de cadastramento de currículos que chegam à secretaria. Só em 2018 1.913 currículos foram cadastrados, mas já temos em média de cinco mil em nosso banco de dados. Além disso, nós fazemos a intermediação para o mercado de trabalho”, destacou a psicóloga. 
 
Ao final da audiência, a vereadora Ana Michele informou alguns encaminhamentos, entre os quais: reuniões institucionais, plano de metas no contexto da economia solidária, fortalecimento da política pública municipal de economia solidária, formação de fóruns e seminários sobre a temática, dentre outros. 
 
Participaram também da audiência a vice-prefeita e secretária de Assistência Social, Elienai Cartaxo, a vereadora Nilda Cruz, o vereador Thiago Cartaxo e demais autoridades.