Mauricio Marques e Carlos Augusto não conseguem se eleger para ALRN

08/10/2018

Por: Redação do PN

Havia em Parnamirim uma expectativa de que o município mantivesse sua cadeira na Assembleia Legislativa com a reeleição do deputado Carlos Augusto Maia (PC do B) e que c onseguisse eleger outro deputado. Entre os seis políticos diretamente ligados à política parnamirinense que disputavam para a Assembléia, o nome com maior potencial para tal era o do ex-prefeito Mauricio Marques.

Abertas as urnas, viu-se que nem Carlos nem Mauricio obtiveram êxito. Carlos teve 21.492 votos, ficando no 34º lugar geral. Mauricio somou  4.851 votos, ficando em 68º lugar.

Os outros candidatos serão analisados em uma outra matéria aqui no Portal PN.

A expectativa em relação a Carlos e Mauricio se deu porque o primeiro já é deputado, tentando portanto uma reeleição no palanque da líder das pesqujisas, Fátima Bezerra (que acabou o 1º turno em primeiro lugar). Já Maurício, como ex-prefeito e anteriormente ex-vice-prefeito e secretrário do município, era visto com peso eleitoral para chegar à ALRN.

Em relação a Mauricio, comenta-se nos bastidores políticos de Parnamirim que ele não recebeu apoios prometidos por lideranças municipais, o que explicaria sua votação aquém do esperado.