Natal é a 2ª capital do país com maior redução em mortes no trânsito

25/09/2018


O Ministério da Saúde divulgou essa semana um relatório em que aponta os números de óbitos provocados por acidentes de trânsito nas capitais brasileiras. No levantamento, Natal aparece com a segunda maior redução, com uma diminuição de 45,9%, que representa uma queda de 98 para 45 mortes, conforme dados relativos entre os anos de 2010 a 2016. Uma das justificativas para a queda nas ocorrências é a fiscalização da Operação Lei Seca e as campanhas educativas promovidas pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran/RN).
 
Segundo o levantamento, em 2010, 98 pessoas morreram na capital potiguar vítimas de acidentes de trânsito. Em 2016, o número caiu para 53. No total do país, as mortes caíram de 7.952 para 5.773, o que representa 27,4%.
 
Em setembro, no qual é celebrado o “Mês Nacional do Trânsito”, as atenções estão voltadas aos motociclistas, público que integra um alto índice de acidentes de trânsito. Em recente estudo revelado pelo Hospital Walfredo Gurgel, maior centro de atendimento à traumas do Estado, houve um comparativo entre os anos de 2016 e 2017, e o número de pessoas acidentadas com motos reduziu de 8.729 para 8.010, indicando uma redução de 719 ocorrências, uma economia a saúde pública do Estado.
 
O diretor geral do Detran, Eduardo Machado, garante que as campanhas educativas têm papel fundamental no combate aos acidentes no trânsito. “As campanhas educativas conseguem mostrar a realidade e as atitudes na prática que podem fazer a diferença ao salvar vidas como foi confirmado nesse estádio do Ministério da Saúde com redução quase pela metade das vítimas fatais. A nova campanha de 2018 ratifica a importância de dirigir bem e com responsabilidade ao cidadão potiguar”, comenta.
 
Para o publicitário Odemar Neto, diretor da Executiva Propaganda, agência licitada do Detran/RN para desenvolver e criar as campanhas educativas, os novos números do Ministério da Saúde comprovam que a campanha vem atingindo o objetivo. 
 
“Reduzir 45,9% de número de mortes mostra a importância de fazer campanhas educativas no trânsito. O objetivo é salvar vidas. Os números de redução de vítimas fatais são muito significativos”, conta Odemar Neto.
 
Reconhecimento nacional
 
Em 2017, o Detran/RN teve destaque nacionalmente com o primeiro lugar no XVI Prêmio Denatran de Educação de Trânsito. A campanha publicitária #CurtoDirigirBem, produzida pela Executiva Propaganda para o Detran/Governo do Estado, foi considerada a melhor do Brasil no ano na categoria “Comunicação I”, que envolveu agências de publicidade, profissionais de mídia e estudantes da área de comunicação de todo o país.
 
A campanha #CurtoDirigirBem teve como intuito despertar a reflexão em cada um sobre o que se diz e o que se faz na posição de motorista no trânsito. As peças publicitárias retrataram a realidade exposta por meio da reprodução fiel de acidentes fatais com motocicletas e automóveis. A campanha apontou as várias situações em que vidas foram perdidas e que poderiam ter sido preservadas pelo simples fato do condutor respeitar a legislação de trânsito.