Troca de tiros no Mosquito deixa três mortos, população fez protesto

13/06/2018

Por: Redação PN
Foto: Reprodução / Facebook
Policiais do BP Choque que faziam um patrulhamento na Comunidade do Mosquito, zona oeste de Natal , trocaram tiros com criminosos nas primeias horas da manhã desta quarta-feira (13). Segundo os policiais envolvidos na ação, eles teriam sido recebidos por tiros. Três homens morreram.
 
De acordo com as primeiras informações repassadas pela Polícia Militar dois homens que morreram na troca de tiros com o BP Choque, eram chefes do crime organizado no Mosquito. Eles são conhecidos como "Baleado" e "Zé Wikson". Os policiais do BP Choque ainda apreenderam outras quatro pessoas com posse de armas caseiras, munições e drogas.
 
A população da comunidade fechou a ponte de Igapó em protesto contra a violência no local.
Constatemente a Polícia Militar realiza incursões no Mosquito, em muitas delas as forças policiais trocam tiros com criminosos que residem no local. No protesto os moradores deixaram um corpo no meio da rua e atearam fogo em pneus.
 
Por volta das 10:00 a Polícia Militar voltou ao local para desobstruir a Avenida Felizardo Moura, onde os moradores faziam o protesto.