Policial Federal quebra recorde sul americano em campeonato de natação

17/04/2018


No dia 8 de abril, o potiguar Romulo Mattos Jordão, agente da polícia federal, junto com Alexandre Zuanazzi, Thiago Byron e George Rosendo quebraram o recorde sul americano no revezamento 4x100m livre, no 61° Campeonato Brasileiro de Masters de Natação, em Natal. “O recorde foi a recompensa de uma equipe que estava motivada a vencer essa prova. Nadamos quatro segundos abaixo do recorde e foi um dia de superação, pois nós quatro fizemos os melhores tempos dos últimos anos”, conta Romulo.

Essa conquista é resultado de anos se dedicando ao que ele considera uma paixão: a piscina. “Eu praticamente nasci dentro da piscina. Meu pai é professor de natação e aos 4 anos eu já nadava os 4 estilos”, relembra. Durante muitos anos, Romulo treinou forte e participou de grandes competições. Mas, o desejo de se tornar um policial federal fez com que ele não pudesse mais se dedicar tanto à natação.

Agente de Polícia Federal desde 2008, Romulo explica que “sempre admirei a carreira policial e a Polícia Federal por realizar grandes operações e por sua credibilidade da junto à sociedade”. Sua dedicação à carreira o levou a integrar o Sinpef/RN, sindicato que representa os agentes da polícia federal. “Entendo que ele é quem luta pelos nossos direitos e nos defende no cumprimento de nossa missão. Além disso, sua atuação tem sido bastante atuante e inovadora”, concluí.

RETOMADA DA VIDA NO ESPORTE

Romulo voltou a treinar focando na edição do campeonato brasileiro de masters em Natal. “Muito da minha motivação surgiu ao ver o pessoal da natação das "antigas" unindo forças para vencer essa competição. Também quis incentivar meu filho de 7 anos, o Vitor”, explica.

Mas retomar a rotina do esporte não foi fácil. Ele tinha ficado muitos anos afastado das competições. Durante mais de 10 anos ele ficou afastado dos campeonatos. “Não conseguia tempo e piscina para treinar. Só no final de 2017, voltei a competir já focando no basileiro”. Para isso, ele manteve uma rotina de musculação e treinos na piscina, bem como treinamento integrado para melhorar a mobilidade e a força.

Deu certo! “A sensação de quebrar um recorde é muito boa. É o reconhecimento de que estamos no caminho certo e nadando melhor que gerações anteriores”, comemora Romulo. Além de bater o recorde e ajudar a equipe Potiguar Master a conquistar o primeiro lugar geral na competição, ele participou de 9 provas conquistando 3 medalhas de ouro e 6 de prata!

E ele não parou por aí! No último fim de semana, Romulo conquistou duas medalhas de ouro no Campeonato Estadual de Natação. No segundo semestre, ele compete no brasileiro.