Parnamirim

Gratificada e realizada nestes 50 anos que vivo em Parnamirim

Natural de Natal, autora do texto é formada em letras com especialização em psicopedagogia clínica e institucional e foi secretária de Educação de Parnamirim.

Por: Delmira Dalva
20/03/2018

Sou natural de Natal, passei parte da minha infância em Santana do Matos. Minha história com Parnamirim começou em 1969, quando viemos morar nessa cidade, cheguei aqui menina acompanhada de minha família, foi aqui que vivi minha adolescência, iniciando minha vida acadêmica no Colégio Cenecista Augusto Severo, na época fazíamos o exame de admissão ao ginásio, onde fui aprovada para cursar o ginasial, permaneci até concluir o curso secundário, o Augusto Severo, teve grande influência na minha pessoal e profissional, tive o privilégio de ser aluna de grandes mestres, entre eles destaco; o professor Eliah Maia do Rego, professor Antônio Basílio Filho, professora Zefinha Paizinho, professora Maria Do Céu Dantas, professora Ivanira Vasconcelos, professora Zélia Gandour, professor Airton Câmara e tantos outros que são igualmente dignos de destaque pela dedicação a escola que na época era referência pelo legítimo modelo de educação, ajudando muitos jovens como eu na formação para a vida.
 
Sou formada em letras com especialização em psicopedagogia clínica e institucional. Fiz do magistério um ofício e guardei no cantinho especial do meu coração, essa é minha identidade e mesmo transitando por outros trabalhos e funções, sempre cultivei o vínculo com a educação, guardo na memória a trajetória que fiz como professora do Mobral, iniciando aos 22 anos de idade, passando pelos cargos de; Supervisora pedagógica, Secretária escolar, Diretora Escolar, Diretora Pedagógica da SEMEC, até galgar o alto posto de Secretária Municipal de Educação e Cultura de Parnamirim.
 
Emociona-me lembrar o percurso que fiz nos 37 anos de serviços prestados como professora do município e do Estado. Não foram poucos os desafios enfrentados com destemor, alguns instigantes como o de fazer matemática uma disciplina agradável para os alunos do sétimo ao nono ano, outros plasmados no sonho quando fui convocada pelo prefeito Agnelo Alves para construção da grande obra na educação desse município.
 
A minha história com Parnamirim já são quase 50 anos, aqui eu vivo com o meu esposo, Valério Felipe Santiago, que também tem uma grande história com a cidade, acompanhada de meus filhos, netos, enteados e demais familiares.
 
Sinto-me gratificada, plenamente realizada e muito abençoada nessa cidade, sobretudo por ter preservado os valores que acreditei e continuo acreditando.