Opinião

Um 2018 de muito trabalho e vida plena

Presidente da Fundação Parnamirim de Cultura faz um balanço dos trabalhos realizados em 2017 e planeja o ano que vem.

Por: Haroldo Gomes
30/11/-0001

Encerramos o ano com um bom saldo na Fundação Parnamirim de Cultura. As experiências de formação cultural cada vez mais consolidadas com os resultados do balé, da escola de música, das oficinas de desenho e pintura, e de teatro, que produziram frutos importantes como o espetáculo “Câmara Cascudo e o Tapete Mágico”; o Recital da Escola de Música Epitácio Leopoldino e os primeiros passos do Coral Canta Parnamirim; e a exposição “Eu Sou Artista Visual”. O Carnaval Parnamirim Multicultural, a Festa do Sabugo, o Festival Estudantil de Música Intérpretes do Brasil de Dentro, o Parnamirim em Cena – Mostra Teatro, o Tanz – Festival de Dança, além de um conjunto de atividades outras realizadas no Cine Teatro Municipal de Parnamirim, com destaque para a apresentação do Grupo Galpão (MG) e o Festival Marista Multicultural, abrilhantaram a vida cultural da cidade.
 
Em 2018, as perspectivas são de avançar nessa agenda cultural, fortalecendo as atividades de formação, mantendo os eventos tradicionais, abrindo um concurso de ensaios sobre a cidade, ampliando as ações em parceria com a Secretaria de Educação para além do Festival Estudantil de Música, dotando o Cine Teatro Municipal de equipamentos de iluminação cênica e abrindo um edital de ocupação do espaço com pautas culturais, construindo o Plano Municipal do Livro e da Leitura e consolidando o Sistema Municipal de Cultura – SMC de Parnamirim.
 
Um ano que promete ser de muito trabalho e de excelentes resultados, de vida plena e muita celebração.