"Carlos não pode ignorar a Região Metropolitana", afirma Geoge Câmara

05/02/2016

Por: José Pinto Júnior
Foto: Fotomontagem PN
O vereador natalense George Câmara (PCdoB) ainda não anunciou oficialmente o afastamento do partido do Governo Carlos Eduardo. Mas este dia não está distante. O partido já deliberou pela candidatura própria tanto em instância municipal como estadual.
 
Em entrevista ao programa Conexão Potiguar, George evitou criticar o prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT), mas registrou que, na eleição em que Carlos disputou o Governo do Estado e ficou em terceiro lugar, o PCdoB foi aliado. Em 2012, também. Logo, não pode sair atirando. Mas George admite que o prefeito se distancia cada vez mais das bandeiras defendidas pelo Partido Comunista do Brasil.
 
Por exemplo: Carlos estaria governando, segundo George, sem observar a região Metropolitana de Natal. "O prefeito de Natal não pode ignorar a RMN por sua condição de protagonista regional e estadual", afirmou. Carlos também teria se distanciado do PCdoB quando se aproximou do PMDB de Henrique Alves.
 
O PCdoB também se articula em outros municipios. Em São José de Mipibu, o prefeito Arlindo Dantas disputa a reeleição. Em Nísia Floresta, Marize leite disputará a sucessão de Camila Ferreira. Em São Gonçalo do Amarante, o vereador Geraldo Veríssimo tenta viabilizar seu nome para a sucessão do prefeito Jaime Calado. Em Apodi, o prefeito Flaviano Monteiro lutará pela reeleição.
 
Para o empresário Lilico Bezerra, que é pré-candidato a vereador em Natal, o PCdoB só tem dois caminhos: primeiro, aprsentar candidatura própria em Natal e no máximo de municípios importantes; segundo: apoiar uma candidatura apoiada por Robinson Faria. "Somos aliados do governador, temos o vice Fábio Dantas e o suplente de senador Theodorico Neto”, disse.